Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Temporal e arco-íris duplo em São Paulo

07/11/2014 às 20:00
por Josélia Pegorim

ong>Frente fria no fim de semana Áreas de instabilidade associadas a com uma nova frente fria avançam sobre do Sul do Brasil e no para São Paulo trazendo nuvens bastante carregadas que vão se espalhar por todo o estado. Os efeitos desta frente fria serão sentidos neste sábado, quando ainda poderá chover forte em muitas áreas do Estado, inclusive sobre a Grande São Paulo. No fim da tarde da sexta-feira, choveu forte em algumas áreas das zonas centrais e sul da capital,  o que provocou alguns alagamentos e granizo. A população paulista deve ficar atenta porque há risco de temporais, com chuva e vento fortes e também risco de granizo no decorrer do sábado. A chuva já acontece pela madrugada e manhã.  No domingo, com o afastamento da frente fria, a nebulosidade e as condições de chuva diminuem. Na capital, o domingo será com predomínio de céu nublado, mas com pouca chuva e temperatura amena. Veja a previsão especial para o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 que acontece em São Paulo no domingo, 9 de novembro.   Calor e umidade alta formam nuvens carregadas O calor de 30°C e a umidade do ar elevada, nuvens bastante carregadas se formaram em algumas áreas da cidade de São Paulo no fim da tarde da sexta-feira, 7 de novembro. Choveu forte em locais das zonas sul e central da capital.  Meteorologistas das Climatempo presenciaram a queda de granizo nos bairros do Ipiranga e Cambuci. O Cetro de Gerenciamento de Emergências - CGE - registrou 6 pontos de alagamento intransitáveis. Na região da Vila Mariana, zona central da capital paulista, o céu ficou preto! As nuvens assustaram, mas chuva foi rápida e caiu com moderada intensidade. Em outros locais da cidade choveu forte, mas também de forma rápida. Logo depois surgiu um lindo arco-íris duplo!  Uma curiosidade sobre o arco-íris duplo, que não é comum como o simples: o arco-íris de dentro (interno) tem as cores mais vivas. O arco-íris externo, que aparece mais longe, é sempre mais fraco e tem as cores invertidas e relação ao interno. As fotos são da meteorologista da Climatempo Bianca Lobo.         Saiba como se forma o arco-íris e como lembrar da ordem das cores.  ZCAs à vista? 1 trilhão de litros de água sobre o Cantareira?