Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

RJ fecha o mês com chegada de frente fria

28/01/2015 às 18:52
por Josélia Pegorim

ong>Frente fria aumenta a chuva no fim da semana Com o rompimento do bloqueio atmosférico na semana passada, as frentes frias e as nuvens carregadas estão voltando a passar sobre o Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira, o calor ainda será intenso e o sol aparece forte por várias horas. As pancadas de chuva voltam a ocorrer especialmente no fim da tarde. A menor chance de chuva no Estado do Rio é para o norte fluminense. Na sexta-feira, uma nova frente fria chega ao Estado do Rio e deve ficar próxima ao litoral fluminense até o domingo. A presença desta frente fria vai estimular a formação de áreas de instabilidade que vão provocar chuva por todo o Estado do Rio de Janeiro. Há risco de temporais também no Grande Rio. A chuva desta frente fria deve livrar janeiro de 2015 de ser o janeiro com menos chuva na cidade do Rio de Janeiro desde 2003. Pelo levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia, o janeiro mais seco no período de 2003 a 2014 foi janeiro de 2014, quando choveu apenas 58,1 mm. A média histórica de chuva para janeiro é de aproximadamente 189 mm. A meteorologista Josélia Pegorim analisa as condições do tempo nos próximos 10 dias.     Temporal da quarta-feira, 28 de janeiro Nuvens muito carregadas cresceram sobre o interior do Rio de Janeiro e avançaram sobre o Grande Rio no fim da tarde desta quarta-feira provocando chuva forte, com muitos raios. O calor armazenado sobre durante a tarde ajudou no crescimento das  nuvens. A temperatura chegou aos 38,0°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia.   O Sistema Alerta Rio – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, que faz o monitoramento de chuva e situação das encostas na capital fluminense pôs toda a cidade em “estado de atenção” a partir das 17 horas, que foi retirado por volta das 20 horas . Em 1 hora, entre 16h50 e 17h50, o Alerta Rio registrou 22,2 mm no Bangu, 16,0 mm em Santa Cruz, 15,2 mm em Campo Grande, 30,4 no Mendanha (av. Brasil). As áreas de instabilidade se dissiparam por volta das 20 horas. O acumulado final no Mendanha foi de 59,8 mm. Santa Cruz acumulou 16,2 mm, em Campo Grande choveu 27,2 mm e no Bangu 24,4 mm Levantamento da rede de detecção de descargas elétricas Earth Network indicou 3368 descargas sobre o Grande Rio entre 17 e 18h05 de 28 de janeiro de 2015.  
28 de janeiro de 2015: entre 17h e 18h05 ocorreram, 3368 descargas elétricas sobre o Grande Rio
Saiba como se proteger dos raios! Entenda porque o verão de 2015 terá pouca chuva no Brasil Quando volta a chover no norte do RJ e no ES?