Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Temporal sobre a Grande Belo Horizonte/ Ventos chegaram a quase 80 km/h

15/03/2012 às 19:08
por Josélia Pegorim

Nuve
ns muito carregadas, geradas pelo calor e a aproximação de uma frente fria, cresceram sobre a Grande Belo Horizonte na tarde desta quinta-feira e provocaram temporais. Na região da Pampulha, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 31 milímetros de chuva acumulados apenas entre 17 e 18 horas. No aeroporto da Pampulha, as rajadas de vento alcançaram 77 km/h, às 17h14. A chuva intensa fez com que a visibilidade nas pistas ficasse reduzida a apenas 200 metros. Na região de Ibirité, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajadas de vento de 78 km/h às 16 horas e outra de 73 km/h, ás 17 horas. Estas velocidades de vento são suficientes para arrancar parte de telhados leves e galhos de médio porte. Belo Horizonte teve fortes pancadas de chuva no fim da noite de ontem e já havia chovido forte no fim de semana. A chuva voltou depois de um mês e meio de seca. Fevereiro de 2012 foi considerado o fevereiro mais seco na capital mineira, pelos menos dos últimos 30 anos. O clima quente seco predominou sobre todo o Estado de Minas Gerais causando prejuízos agrícolas em todas as regiões mineiras. Temporais no fim de semana A frente fria que ajudou a formar as nuvens carregadas sobre a Grande Belo Horizonte ainda avança sobre São Paulo na tarde desta quinta-feira, mas com  previsão de alcançar o centro-sul de Minas Gerais no decorrer desta sexta-feira. O impacto do ar quente que está sobre Minas com o ar frio que vem com a frente fria vão gera mais nuvens de tempestades. A situação nesta sexta-feira é de alerta total para temporais não apenas sobre a Grande Belo Horizonte, mas em quase todas as regiões mineiras. Só não deve chover muito, por enquanto, no vale do Jequitinhonha e na divisa com a Bahia. Mas no fim de semana, a frente fria avança para norte de Minas levando os temporais para esta parte do estado e também para o sul da Bahia.