Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Última lua cheia de 2014

05/12/2014 às 18:30
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;">Neste sábado, 6 de dezembro, acontece a última cheia de 2014. A lua terá 100% do seu disco iluminado pelo sol às 9h27. Mas olhando para céu, se as nuvens deixarem, já é possível ver a bela luona e a olho nu, ela já parece totalmente cheia. Na noite de sábado, madrugada do domingo e também na noite do domingo e na madrugada da segunda-feira, 8 de dezembro, ainda poderemos apreciar uma bela lua! A melhor visualização da lua cheia no fim de semana será nos Estados do Sul do Brasil que terão pouca ou nenhuma nebulosidade, por causa do predomínio do tempo seco. Nas outras Regiões, será preciso um pouco de paciência para esperar os momentos de diminuição da nebulosidade, abrindo espaço para a lua cheia. Entre nuvens, sem nuvens, não importa. Lua cheia é sempre mágica e a deste fim de semana será última de 2014.     Compartilhe a informação sobre as condições do tempo na sua cidade com a Climatempo Participe! Pelo site:  envie sua foto Pelas redes sociais: #fotografeotempo Pelo Whatsapp: (11) 9 9420-7548   Lua ajuda ver outros corpos celestes A luminosidade excessiva da lua cheia muitas vezes prejudica a observação de outros astros. Mas neste fim de semana, a lua cheia vai ajudar a ver Aldebaran, uma das estrelas mais brilhantes do céu. A lua também será referência para ver as Plêiades, um aglomerado estelar (um monte de estrelas, bem juntas) muito bonito. No dia 11 de dezembro, já decrescente, é a lua que vai ajudar a ver Júpiter. Você poderá ver este planeta à olho nu e até nas grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, onde a poluição luminosa intensa.     Tempestade de estrelas cadentes Mas o maior evento astronômico de dezembro será as várias chuvas de meteoros que vão ocorrer, ao mesmo tempo, numa mesma região do céu, entre os dias 10 e 15 de dezembro de 2014. O ponto alto do evento será no dia 13 de dezembro, quando ocorre o máximo da chuva de meteoros Geminids, a mais esperada pelos astrônomo. No Clima no Céu, o professor e astrônomo Marcos Calil dá todos os detalhes desta “tempestade” de estrelas cadentes. Bons céus, como diz Calil. Clique o céu e compartilhe com a Climatempo.     Momento Astronômico, o canal de astronomia da Climatempo Como comprar um binóculo para ver as estrelas e os planetas? Aprenda a comprar um telescópio Saiba como comprar e montar tripés e motores para o seu telescópio.