Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Um pouquinho de água por favor!

25/08/2010 às 09:24
por Fabiana Weykamp

O n
mero de dias sem chuva em algumas localidades do Brasil já está perto de completar três dígitos. Em Brasília, por exemplo, hoje faz 92 dias de tempo completamente seco e, em Belo Horizonte, faz 97 dias que não há registro de chuva significativa. Os níveis de umidade do ar tem caído a valores extremos pelo país o que causa um desconforto absurdo. Ontem (terça-feira), segundo os dados dos aeroportos, em Goiânia, a umidade caiu a 11% e em Presidente Prudente, no Oeste do Estado de São Paulo, a umidade caiu a 10%. Brasília foi a que mais chamou atenção. Por volta das 15 horas a umidade estava em impressionantes 7% na região do aeroporto JK. O calor também tem sido marcante. Ontem as capitais Porto Velho e Cuiabá, além da secura, enfrentaram o dia mais quente do ano até agora, com temperatura máxima de 37,7 graus e 38,4 graus, respectivamente, registrados nas estações oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia. Nesta quarta-feira a situação não será diferente. O calor ainda será intenso na maior parte do Brasil. Além disso, muitas localidades como a cidade de São Paulo, a cidade do Rio de Janeiro e Belo Horizonte devem entrar em alerta à tarde, com índices de umidade entre 15% e 20%. Brasília, Goiânia e outras localidades do Centro-Oeste, do sul da Região Norte, do interior de São Paulo e de Minas Gerais devem entrar em estado de emergência com valores de umidade abaixo de 12%. Com isso, muitos perguntam. Quando voltará a chover??? A curto prazo a previsão é mais animadora para o Estado do Acre e o norte de Rondônia, que além de tudo, enfrentam as queimadas. A tendência é que neste próximo fim de semana o vento passe a trazer umidade do extremo norte do país e consiga provocar o retorno das pancadas de chuva. No domingo, uma nova frente fria chega ao Sul do Brasil. Este sistema, além de provocar chuva no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina também vai aumentar a umidade no Paraná e em Mato Grosso do Sul. A expectativa é que entre domingo e segunda-feira voltem a ocorrer pancadas de chuva especialmente nas áreas do centro-sul destes Estados. No decorrer da segunda-feira, a frente fria vai passar enfraquecida pelo litoral de São Paulo. A umidade do ar vai aumentar e a qualidade do ar melhora nas áreas do sul e do leste paulista, mas a princípio, não há previsão de volumes significativos de chuva. As outras áreas do país ainda vão enfrentar o tempo seco pelos próximos dias.