Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

VCAN provoca chuva forte sobre o Nordeste

18/02/2015 às 21:23
por Josélia Pegorim

Um v
órtice ciclônico de altos níveis (VCAN) influencia o Nordeste e gera nuvens carregadas sobre várias áreas do Nordeste que provocam chuva forte. Estas nuvens estão se formando no litoral e no interior dos estados. O VCAN é uma circulação especial de ventos observada em torno dos 10 mil metros de altitude. Os ventos giram no sentido horário em torno de um centro fazendo um círculo completo de 360 graus. Mas este movimento horário do ar ocorre numa grande área. As nuvens crescem na parte que está longe do centro do VCAN. Nas imagens de satélite é possível perceber este giro horário provocado pelo VCAN observando o movimento das nuvens que estão na costa leste do Nordeste. Repare como as bandas de nuvens tendem a  girar da esquerda para a direita.   O centro do VCAN está no mar e tende a se aproximar cada vez mais do Nordeste até a noite de sexta-feira. Até lá, várias áreas de instabilidade crescem no litoral e no interior do Nordeste provocando as fortes pancadas de chuva. Porém, a chuva ocorre em poucas regiões e não será suficiente para mudar o quadro o seca observada nos principais açudes do Nordeste. No fim de semana, o centro do VCAN deve avançar sobre o interior do Nordeste e as áreas de instabilidade enfraquecem.   Carnaval termina com chuva forte A quarta-feira de Carnaval foi marcada por chuva forte em vários locais do Nordeste. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 49,6 mm sobre Maceió, capital de Alagoas, entre 20h do dia 17 e 20h de 18 de fevereiro. Em Santa Cruz, no Rio Grande do Norte, choveu 38,6 mm entre o meio-dia e 17 horas (hora local). Em Feira de Santana, na Bahia, choveu 33,0 mm entre 15 e 16 horas local. Entre 16 e 17 horas local, Monteiro, na Paraíba, acumulou 32,6 mm. Em Alto Parnaíba, no sul do Maranhão, choveu 53,6 mm entre 8h e 16 horas.   Pouca chuva no período mais chuvoso Na maioria das áreas do Região Nordeste, especialmente no interior e norte da Região, o período mais chuvoso do ano acontece nos meses de fevereiro, março e abril. Em 2014 e também em 2013, a chuva ficou abaixo média nestes meses em grande parte da Região.       A meteorologista Josélia Pegorim comenta sobre as perspectivas para o período chuvoso do Nordeste.     Usar a água do mar dessalinizada é uma boa opção para a crise de água no Brasil? Confira como será a chuva sobre o Brasil nos próximos 15 dias Dê seu depoimento na campanha BR: vida sem água