Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ventania no Sul e Centro-Oeste do Brasil

07/10/2011 às 17:51
por Josélia Pegorim

Vent
ania no Sul e Centro-Oeste do Brasil Fortes rajadas de vento foram observadas nesta sexta-feira nos Estados do Sul do Brasil e também em áreas do Centro-Oeste. No Sul, os ventos fortes foram provocados pelo desenvolvimento de uma grande e intensa área de baixa pressão atmosférica, que vai gerar uma frente fria nas próximas 24 horas entre o Brasil, a Argentina, o Uruguai. Mas no Rio Grande do Sul, algumas rajadas foram provocadas por nuvens muito carregadas geradas dentro desta baixa pressão. No Centro-Oeste, o vento forte também veio de nuvens pesadas que se formaram em regiões onde o ar estava bem quente e úmido na tarde desta sexta-feira. Na região de Alto Taquari, cidade de Mato Grosso perto da divisa com Goiás e o Mato Grosso do Sul, um forte pancada de chuva caiu na região entre 3 e 4 horas da tarde, pelo horário de Brasília acumulando 17 milímetros, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Às 16 horas, houve ventania com 107 km/h. Em Anápolis, outras nuvens provocaram chuva forte e granizo, com rajadas de vento de 48 km/h. A grande e forte área de instabilidade que se formou entre o Brasil, a Argentina e o Uruguai avança lentamente para o Rio Grande do Sul provocando vento forte no Estado. Em Quarai no sul gaúcho, as rajadas chegaram aos 103 km/h, às 16 horas. Cidades como Uruguaiana, Rio Grande, Jaguarão e tiveram rajadas entre 70 e 75Km/h. Às 11 horas da mnahã, uma rajada chegou aos 70 km/h em Chapecó, no oeste de Santa Catarina, conforme medição do aeroporto local. No mesmo horário, o aeroporto de Pelotas, no sul do Rio Grande do Sul, registrou uma rajada de 59 km/h Durante o fim de semana, o risco de ventania é muito alto nos Estados do Sul do Brasil, pois a nova frente fria que está se formando começa a avançar sobre a região. No sábado, algumas rajadas poderão superar os 100 km/h no Rio Grande do Sul e na serra de Santa Catarina. No domingo, rajadas intensas entre 70 e 100 km/h poderão ocorrer nos três estados.