Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Vento polar passa de 50km/h em Corumbá (MS)

14/07/2009 às 08:40
por Josélia Pegorim

Fort
es rajadas de vento são sentidas na região de Corumbá, na fronteira com a Bolívia. Às 6 horas, as rajadas chegaram a 52 km/h no aeroporto de Corumbá e às 8 horas outra rajada chegou aos 40 km/h. O vento era da direção sudoeste e provocado por intensa massa polar que tem centro na Argentina, mas começa a se espalhar também sobre o Paraguai e Bolívia. O vento forte aumenta a sensação de frio. Às 9 horas, pelo horário de Brasília, a temperatura em Corumbá era de 18ºC. O vento soprava de sudoeste, com 33 km/h, o que trazia a sensação de apenas 12ºC. Neste horário, ocorreu uma outra rajada de 52 km/h. Ainda hoje, o vento frio dessa massa polar será sentido também no oeste e sul de Mato Grosso, áreas mais próximas da Bolívia, no sul de Rondônia e até mesmo no sul do Acre, dando início a um novo evento de friagem. No último fim de semana, ocorreu uma friagem, mas de fraca intensidade. Em Vilhena, no sul de Rondônia, a temperatura chegou a 14ºC. Em Rio Branco, capital do Acre, a temperatura mínima ontem baixou para 17ºC. Esta massa polar aumentou o frio novamente sobre a Argentina, Uruguai que Chile, que desde a semana passada já sentiam o efeito das baixas temperaturas de outras massas polares. O ar polar começa a entrar hoje no Sul do Brasil e amanhã vai atuar com mais força na Região. O centro polar, que é a região mais fria do sistema, atingiu hoje a área central da Argentina, na região de Cordoba. Amanhã, o centro polar deve passar sobre o Uruguai e o Rio Grande do Sul, aumentando muito o frio no Sul do Brasil.