Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ventos continuam fortes no litoral do Sul e do Sudeste

06/04/2015 às 21:38
por Josélia Pegorim

ong>Ciclone extratropical se afasta e massa polar ganha força Intensas rajadas de vento, de 50 km/h a 120 km/h foram observadas no decorrer da segunda-feira, 6 de abril de 2015, por causa da formação de uma ciclone extratropical sobre o mar, entre o litoral de São Paulo e de Santa Catarina. As imagens de satélite mostram que este sistema já se afastou para alto-mar, porém ainda há condições para mais rajadas de ventos moderadas a fortes nesta terça-feira. O ciclone extratropical (B) se afastou no mar, mas os ventos de uma massa polar, com sua parte mais intensa na região de Buenos Aires, ainda vão soprar constantes na costa do Sul e do Sudeste, de forma moderada. As rajadas ainda podem ocorrer, mas não tão intensas com ocorreu na segunda-feira. A velocidade máxima dos ventos não deve superar os 70 km/h. No decorrer desta terça-feira, com o movimento do centro da massa polar, a direção dos ventos na costa brasileira vai mudando de sul para sudeste. A meteorologista Josélia Pegorim explica as mudanças do vento com o movimento do ciclone extartropical e da massa polar.     Risco de ressaca e mar grosso Navegantes devem ficar atentos aos avisos da Marinha do Brasil. A terça-feira é de alerta para mar agitado, mar grosso em algumas áreas da costa entre o norte do Rio Grande do Sul e o Espírito Santo. A recente passagem do ciclone extratropical deixou o mar agitado. Confira a previsão das ondas. Há risco de ressaca. A partir de quarta-feira, o mar ainda deve ficar agitado no Rio de Janeiro e no Espírito Santo e também na costa da Bahia. A tabela mostra as rajadas mais intensas medidas por instrumentos pelo Instituto Nacional de Meteorologia até 20 horas.     Por que o vento sul deixa o Rio de Janeiro muito úmido? A sua onda e a sua tribo: Climasurf