Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Verão começa com chuva por quase todo o Brasil

21/12/2009 às 11:50
por Josélia Pegorim

O ve
rão é conhecido também como a estação das águas e com razão. Verão sem chuva no Brasil, não é verão. É a época em que praticamente todo o país fica sob a influência de uma enorme massa de ar úmido e quente, que facilita a formação das nuvens de tempestade. Num dia típico de verão, o céu à tarde fica cheio de nuvens, que muitas vezes escondem o sol e trazem as fortes pancadas de chuva. Nesta terça-feira, primeiro dia do verão, quase todo o Brasil terá as pancadas de chuva, principalmente à tarde e à noite. Até o Nordeste, que vinha tendo dias secos e com sol forte nas últimas semanas, também entra na nova estação com mais umidade, muitas nuvens e condições de chuva. Um dia de verão sem ao menos uma pancada de chuva rápida no fim da tarde é raridade. É o que os paulistanos e cariocas viveram no domingo e na segunda-feira. Como uma ironia meteorológica, as duas maiores cidades do país, que sofreram com os temporais na primavera, entram no verão com muito sol e pouca chance de chuva, porque os níveis de umidade do ar estão abaixo do normal, para esta época do ano. Mas esta é uma situação especial, que acontece só de vez em quando. As pancadas de chuva vão voltar a partir da tarde de quarta-feira, quando uma frente fria alcançar o litoral paulista e fluminense. Sem a chuva, e com o sol forte, a cidade de São Paulo poderá até registrar um novo recorde de calor de 2009 na tarde desta terça-feira. Até agora, a maior temperatura medida pelo Instituto Nacional de Meteorologia foi de 34,1ºC, no dia primeiro de março. O verão é a época do ano que mais chove em praticamente todo o Brasil. Uma estação que dá muito trabalho aos meteorologistas e aos órgãos governamentais de prevenção de desastres naturais, justamente por conta dos problemas causados pela chuva forte. Mas verão 2009/2010 já começa com uma situação mais preocupante do que em anos anteriores. Praticamente todo o Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país tiveram uma quantidade de chuva muito acima do normal no inverno e na primavera. Assim, o verão já começa com excesso de água nos rios, nas represas e no solo. Ainda sob a influência do El Nino, o mês de janeiro também deve terminar com mais chuva do que o normal no Sudeste e no Centro-Oeste, e dentro da média por quase toda a Região Sul. O norte do Paraná deve ter excesso de chuva.