AGROCLIMA

Ano começa com chuvas em grande parte do Brasil

02/01/2017 às 10:00
por Michele Fernandes
Atualizado 02/01/2017 às 10:43

Oferecimento

2016 termina com chuva irregular sobre o País

 

A última semana de 2016 terminou com chuva irregular sobre o País. No Sudeste, a Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS) manteve o tempo firme entre o Espírito Santo, norte de Minas Gerais e boa parte do Nordeste. Já no Sul, a constante formação de sistemas de baixa pressão atmosférica, provocou chuva volumosa entre a Fronteira Oeste e o Leste do Rio Grande do Sul. Nas outras áreas do Sudeste e no Centro-Oeste, a chuva veio em forma de pancadas de chuva, rápidas e isoladas durante as tardes. Já no Pará, no Amazonas e no Acre, os acumulados foram expressivos, com acumulados entre 70 e 100 mm.

 

 

Ano começa com chuvas em grande parte do Brasil

 

                A presença de uma frente fria na altura do Uruguai nessa manhã de segunda-feira irá deixar o tempo bastante instável em boa parte da região Sul do Brasil nesse início de semana, onde poderão ser observados chuvas com altos volumes acumulados e até mesmo a ocorrência de tempestades tanto no Rio Grande do Sul quanto em Santa Catarina. O tempo também se manterá instável em grande parte das regiões Sudeste e Centro-oeste. Nessas duas regiões a segunda-feira será marcada pela ocorrência de pancadas de chuvas, com exceção apenas da regiões oeste do MT e do MS, onde as chuvas deverão ficar mais regulares ao longo do dia, devido ao corredor de umidade que está sobre essas localidades do Brasil.

 

                Essa frente fria aos poucos estará se deslocando pelo litoral do Brasil, onde deixará o tempo instável em boa parte do País ao longo da semana. Assim, há previsões para ocorrência de chuvas em regiões que estão sobre forte estresse hídrico Goiás, Minas Gerais e até mesmo leste do Mato Grosso. No MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia), norte de Minas Gerais e de Goiás as chuvas dessa semana serão marcadas pelos baixos volumes e pela irregularidade, mas já serão suficientes para elevar, mesmo que parcialmente, os níveis de umidade do solo. Na semana que vem ocorrerá chuvas mais regulares e em bons volumes, com a chegada de outra frente.

 

 E para essa primeira quinzena de janeiro a tendência é que venham ocorrer chuvas em praticamente todas as regiões produtoras do Brasil, permitindo que as condições se mantenham satisfatórias ao desenvolvimento das lavouras e até mesmo da realização da colheita da soja, que já se iniciou em algumas localidades do MT, MS e do PR. Como ainda serão chuvas irregulares, uma ou outra microrregião ainda continuará apresentando déficit hídrico, podendo acarretar perdas nos potenciais produtivos das lavouras. De um modo geral, o que se observa no campo são lavouras em bons estado fitossanitário, com uma tendência de produtividade alta.  

 

 

Entre os dias 07 e 11 de Janeiro, os maiores acumulados de chuva vão se concentrar entre o oeste do Rio Grande do Sul, interior do Paraná e sul de Minas Gerais. A chuva continua irregular sobre o Nordeste, enquanto entre o Pará e o Amazonas a chuva ainda é generalizada. 

 

 

Informações: Marco Antônio dos Santos - Agrometeorologista.

ENCONTRE UMA LOCALIDADE

loading

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

×
Ocorreu um erro ao enviar fazer seu cadastro. Por favor, tente novamente mais tarde!

Cadastre-se para receber as últimas notícias e informações meteorológicas sobre a sua localidade

Digite seu nome
Digite seu email

FASES DA LUA

  • Nova
    15/02
  • Crescente
    23/02
  • Cheia
    31/01
  • Minguante
    07/02

ESTAÇÕES DO ANO

  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09