Forno argentino e paraguaio

04/01/2017 às 15:58
por Josélia Pegorim

Atualizado 04/01/2017 às 16:56

Oferecimento
Frente fria provoca tempestades no Uruguai

Os brasileiros que moram no Sul e no Sudeste e também em parte do Centro-Oeste reclamam do calor intenso que tem feito desde os últimos dias da primavera de 2016, associado com a redução da nebulosidade e a frequencia da chuva.

A situação da população do centro-oeste e do norte da Argentina é bem pior. O calor tem superado os 41°C em muitas localidades nestes primeiros dias de 2017. No dia 3 de janeiro, o Serviço Nacional de Meteorologia da Argentina chegou a registrar 43°C em La Rioja.

Os mapas mostram como foi a temperatura máxima na Argentina no dia 3 de janeiro de 2017 e o volume de chuva acumulado entre 10h do dia 3 e 10h do dia 4 de janeiro, pelo horário de Brasília.

 

 

A chegada de uma frente fria na terça-feira, 3, sobre o sudeste da Argentina, provocou tempestades inclusive sobre a província de Buenos Aires e sobre o Uruguai.

A tabela mostra os maiores volumes de chuva registrados entre 7 horas do dia 3 e 7 horas do dia 4 de janeiro de 2017 no Uruguai, conforme medição do serviço nacional de meteorologia do Uruguai.

 

 

O calor extremo, com umidade do ar elevada e a falta de chuva também são sentidos no Paraguai, onde o serviço de meteorologia oficial do país divulgou um comunicado a população alertando sobre as altas temperaturas e sensações térmicas de muito calor esperados para esta semana.

 

 

A frente fria que vem provocando as tempestades no Uruguai e no sudeste da Argentina já influencia também o Rio de Grande do Sul, onde chuvas fortes são observadas desde a tarde da terça-feira, 3 de janeiro.

É esta frente fria que começa a avançar pelo Sul do Brasil nesta quinta-feira, 5, e vai espalhar as áreas de chuva também sobre parte do Paraguai e sobre locais do norte da Argentina. Os temporais destrutivos serão inevitáveis, por causa da atmosfera extremamente quente e da forte área de baixa pressão que está entre o norte da Argentina e o Paraguai. A chuva não deve ser generalizada.

No caso do Paraguai, há risco de temporais na região da capital Assunção, no sul do país, mas a  chance de chover nos lugares do centro e do norte do país é baixa. Nestas regiões, o calor vai continuar próximo dos 40°C nos próximos dias.

Na Argentina, mesmo com a passagem desta frente fria, o calor da ordem de 40°C deve voltar a ser observado nas províncias do norte e noroeste do país.

Normalmente faz calor nesta época do ano no Paraguai, no centro-norte da Argentina e no Uruguai, da mesma forma como o Rio Grande do Sul também tem dias muito quentes em janeiro.

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

10°
min

27°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Crescente
    19/07
  • Cheia
    27/07
  • Minguante
    06/07
  • Nova
    12/07

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03