Chuva em SP: dilúvio em Bauru

18/01/2017 às 08:43
por Maira Di Giaimo

Atualizado 19/01/2017 às 10:46

Oferecimento
Rios continuam subindo

Dilúvio em Bauru (SP)

A chuva não para e fica cada vez mais volumosa e preocupante em áreas do interior de São Paulo.

A população de Bauru viveu um verdadeiro dilúvio na noite desta quarta-feira. Em 3 horas de chuva, entre 17h e 20h, choveu quase 124 mm. Isto representa aproximadamente 37% da média de chuva para janeiro que fica em torno de 330 mm.

A chuva caía fraca por volta das 21h, mas a previsão é que volte a se intensificar no decorrer da noite ou na madrugada desta quinta-feira.

 

Leia ALERTA especial sobre a chuva em SP nas próximas 48h

 

 

 

Grande SP terá mais chuva

Por volta das 18h, a chuva enfraqueceu bastante sobre a Grande São Paulo e vários bairros da capital e municípios da região permaneciam sem chuva até 21h50. Mas isto não significa que a chuva está realmente parando. Muitas áreas de chuva ainda estão se desenvolvendo pelo interior paulista e no decorrer da noite desta quarta-feira ou na madrugada de quinta volta a avançar sobre a Grande São Paulo.

 

 Chuva alaga Ribeirão Preto

Ruas ficaram alagadas em Ribeirão Preto, no norte do estado de São Paulo, por causa do grande volume de chuva. Entre19h do dia 17 e 19h do dia 18 de janeiro choveu 60,6 mm de acordo com o CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais.

 

 

Tarde mais fria do ano na capital

A tarde desta quarta-feira, 18 de janeiro, foi a mais fresca do ano até agora na cidade de São Paulo. A temperatura máxima registrada no Mirante de Santana, pela medição convencional foi de 23,2°C. O recorde de tarde mais fria do ano acontece pelo segundo dia consecutivo, após os 24,0°C registrados na terça-feira, 17.

 

Nível dos rios

 O nível dos rios continua subindo e a situação volta a ser preocupante também na Grande São Paulo.

Às 18h30, o rio Tietê estava no nível de atenção na ponte Dutra, na ponte do Limão, na altura da barragem móvel montante e jusante. É a primeira vez esta semana que tantos locais de monitoramento do  Tietê ficam em atenção ao mesmo tempo.

Outro fato que revela o grande volume de chuva que já caiu sobre a Grande São Paulo nas últimas 24h, é que o nível do rio Pinheiros também subiu para a cota de atenção na altura da ponte João Dias. O rio Aricanduva também subiu para atenção na altura do Shopping.

 

Pelas medições do SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo, às 15h30, o Ribeirão dos Couros - São Bernardo do Campo/Ford estava no nível de emergência. O Ribeirão dos Meninos - São Paulo clube São José estava em alerta. O Córrego Pirajuçara - São Paulo - Sharp - esteva na cota de alerta. Na região do Jardim Maria Sampaio, em São Paulo, e no Extra/Taboão, o Pirajuçara estava em atenção às 15h30.

O rio Pinheiros (ponte João Dias) e rio Aricanduva (Shopping), em São Paulo estavam em atenção.

 

Rios no interior de SP

Acompanhe o histórico do nível dos rios no interior que era muito preocupante no começo da noite desta quarta-feira, 18 de janeiro. A chuva volumosa na região de Campinas e de Piracicaba elevou muito o nível dos rios nas últimas 48h.

Os números ao lado da situação dos rios indicam o volume de chuva acumulado em 24h. A seta para cima indica que o nível do rio estava subindo, a seta para baixo indica que a tendência do nível do rio era de baixar e o sinal de igual indica que o nível estava estável.

 

O quadro mostra a situação de alguns rios no interior às 17h40 de 18/01/17, de acordo com as medições do SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo.

 

 

O quadro mostra a situação às 13h40 de 18/01/17 de alguns rios no interior, na região de Campinas e de Piracicaba, de acordo com as medições do SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo.

O amarelo indica atenção, o laranja, alerta, o rosa é emergência e o vermelho indica transbordamento.

 

 

  

Áreas de instabilidade persistem sobre São Paulo e ganham força no decorrer da tarde e a noite desta quarta-feira. Às 13h, os radares meteorológicos operados pelo IPmet/UNESP detectavam chuvas moderadas a fortes em vários locais entre Lins, Glicério, Buritama e José Bonifácio. A região de Araraquara e Brotas também estava com chuvas moderadas. Vários núcleos de chuva se espalhavam pelo norte e nordeste do estado.

 

Grande SP e leste de SP

Áreas de chuva se intensificaram no leste de São Paulo e a chuva se espalhou pela Grande São Paulo, Baixada Santista parte do Vale do Paraíba e do litoral Sul no fim da manhã desta quarta-feira. Por volta das 14 horas, a chuva voltou a se intensificar também sobre a Grande São Paulo.

Acompanhe a chuva pelos radares Climatempo-USP.

 

  

 

 

 

Previsão para hoje

A quarta-feira (18),  amanheceu com tempo encoberto e úmido pelo estado. O tempo segue instável e são esperadas novas pancadas de chuva a tarde e à noite, que podem vir com raios e trovoadas em pontos isolados.

 

Tendência 
A tendência é que a instabilidade já volte a intensificar na quinta-feira e a chuva se torne mais frequente em todas as áreas do estado, com alerta para temporais e altos acumulados de chuva. A temperatura vai diminuir. Mas já na sexta-feira essa instabilidade enfraquece e o sol volta a aparecer. A chuva diminui bastante no fim de semana.

Confira como fica a temperatura na capital nos próximos dias.

Chuva no estado de SP

Quem gosta de um tempo mais fresco e barulho de chuva para dormir, pôde aproveitar bem a noite desta terça-feira (17) na Grande SP e em diversas áreas do estado. A chuva foi provocada pela intensificação de áreas de instabilidade. A cidade de Francisco Morato, que registrou alagamentos no início da semana, mais uma vez teve acumulados elevados. De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), entre às 8h da manhã de terça (17) e às 8h de hoje (18), o volume acumulado na estação do Parque Cento e Vinte foi 67, 4 mm que, somado à chuva do restante da semana, representa um total de 199,2 mm em apenas 72 horas. A média histórica de chuva para todo o mês de janeiro na região, é de 200 a 250 mm.  

 

Veja mais sobre a chuva desta terça-feira.


Alagamento registrado em Francisco Morato em 15/01/2017

 

Acompanhe a chuva pelo radar!

 


Confira como fica a temperatura na capital nos próximos dias.

CIDADES RELACIONADAS

Ribeirão Preto - SP

19°
min

32°
max

0mm / 0%

Campinas - SP

20°
min

30°
max

5mm / 90%

FASES DA LUA

  • Nova
    15/02
  • Crescente
    23/02
  • Cheia
    31/01
  • Minguante
    07/02

ESTAÇÕES DO ANO

  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09