Áreas de instabilidade voltam a atingir o Sul do BR

01/05/2017 às 12:33
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Condições para chuva aumentam

O mês de maio começou com mudanças no tempo no Sul do Brasil. Uma grande quantidade de nuvens se espalhou sobre a Região no feriado de primeiro de maio, depois de um fim de semana ensolarado e muito frio, com temperaturas abaixo de zero e geada.

 

 

Áreas de instabilidade fracas

A nebulosidade que invadiu o Sul do Brasil é de áreas de instabilidade que se formaram sobre o norte da Argentina e Paraguai e se deslocaram para a Região Sul do Brasil. As nuvens não são muito carregadas, mas podem provocar chuva fraca a moderada em várias regiões dos três estados até a noite. Na animação das imagens de satélite é possível perceber que a nebulosidade avança do interior da Região Sul para o litoral.

 

 

 

 

Acompanhe a nebulosidade sobre a Região Sul 

 

Mais chuva

Para esta terça-feira, a previsão é de que a nebulosidade persista sobre o Sul do Brasil, mas sem esconder o sol completamente. Há previsão de pancadas de chuva na parte oeste do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, que podem ocorrer a qualquer hora do dia.

Mas as condições para chuva sobre a Região Sul do Brasil tendem a aumentar no fim da semana com a passagem de outros cavados e de uma frente fria pelo litoral gaúcho na sexta-feira. As nuvens ficam mais carregadas durante a quinta-feira, 4 de maio.

 

 

Não é frente fria

A formação destas áreas de instabilidade que atingiram o Sul na segunda-feira, 1 de maio, não é por causa de uma nova frente fria. Ela está relacionada com uma queda da pressão atmosférica provocada pelo deslocamento de um cavado em níveis médios da atmosfera. Um cavado é uma região na atmosfera onde há uma tendência de diminuição da pressão do ar e os ventos fazem o movimento horário, mas não conseguem atingir a circulação completa, com giro de 360 graus.