Estiagem começa em Brasília após 5º abril mais seco da história

03/05/2017 às 22:19
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Chuva ficou quase 80% abaixo da média normal

Em abril de 2017, Brasília recebeu cerca de 20% do volume normal de chuva para o mês. Em grave crise de abastecimento de água, esta pode ser considerada a última chuva na região da capital federal, antes do período normal de seca que começa em maio. Será que a chuva da próxima primavera virá com mais força do que o normal?

 

 

5º abril mais seco da história

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou apenas 26,7 mm de chuva em Brasília nos 30 dias do mês, sendo que a média de chuva para o mês é de aproximadamente 124 mm. Ainda que abril seja o fim do fim do período de chuva na região do Distrito Federal, que normalmente vai de outubro a março, choveu muito menos do que o normal. Abril de 2017 não foi pior do que o de 2016, o segundo mais seco da história de Brasília, que terminou com 10,8 mm acumulados, mas foi o quinto abril mais seco desde o início das medições meteorológicas regulares, em setembro de 1961.

 

 

Período chuvoso ruim

Abril foi mais um mês com chuva abaixo da média dentro do período chuvoso que começou na primavera de 2016. De outubro de 2016 a abril de 2017, choveu acima da média em Brasília apenas em fevereiro de 2017. Em novembro de 2016 e em março de 2017, o volume de chuva ficou pouco abaixo do normal, mas nos demais meses choveu muito menos do que poderia chover.

 

 

 

 

O período de chuva terminou. O cenário de seca é que vai predominar no restante do outono e nos meses de inverno. Até o fim de setembro, época normal de estiagem, a ocorrência de alguma chuva é rara. É preciso esperar a próxima primavera para que a chuva recomece. Mas será que a chuva volta na época e com força normal? Confira o comentário do meteorologista Alexandre Nascimento, um dos especialistas em previsão climática da Climatempo.

 

 

 

 

Crise de água

O fraco desempenho da chuva de abril só piorou a crise de água na região de Brasília, que enfrenta um racionamento de água desde meados de janeiro de 2017 e que não tem data para terminar, por enquanto.

A falta de água nos dois principais reservatórios que abastecem Brasília e o Distrito Federal, o Descoberto e o Santa Maria, vem da deficiência de chuva de dois anos consecutivos. O último ano "bom de chuva" foi 2013. No ano de 2014 ainda choveu acima da média anual, que é de aproximadamente 1550 mm, mas a chuva de 2015 e de 2016 ficou muito abaixo do normal.

 

 

 

 

No início de maio de 2017, o racionamento de água vigorava em 15 regiões de Brasília, no esquema de 24 horas sem água e religamento do abastecimento em até 48 horas, afetando 2,3 milhões pessoas da capital federal.

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

13°
min

26°
max

0mm / 0%