Conheça a casa que não paga conta de luz!

21/06/2017 às 13:23
por Thais Gomes

Atualizado 22/06/2017 às 14:12

Oferecimento
A Smart Eco House adota práticas sustentáveis e economiza na luz e na água

O Foco Ambiental foi até a Smart Eco House, em São Paulo, para mostrar como a casa consegue ter uma economia de 60% na conta de água e de 100% na conta de luz! 


 

 

Smart Eco House


Oi gente! Sabe aquelas contas que você recebe todo mês? Então, hoje a gente veio mostrar uma casa que não tem esses problemas! É a Smart Eco House, na zona norte de São Paulo. Uma casa projetada para ser autossustentável!

 

Tá, mas e aí?

 

E aí que, além de ajudar o meio ambiente, por aqui se economiza e muito nas contas do fim do mês! O João Barassal é o engenheiro eletrônico e inventor que fez o projeto virar realidade. Ele conta quais são as principais vantagens ambientais da Smart Eco House. “As vantagens principais são o reaproveitamento de matérias, a geração de energia e o reaproveitamento da água da chuva”.

 

Smart Eco House

 

Economia de água 

 

Vamos começar falando da economia de água da Smart Eco House. Cerca de 60% do consumo vem da água da chuva. “Funciona assim, toda a água do telhado é concentrada na cisterna e depois vai para a estação de tratamento de água. Nós potabilizamos a  água da chuva. Então, ela vai para a estação de tratamento, lá ela vira água potável e é bombeada para uma caixa d’água. Aí é quando a gente pode usar a água da chuva”, explica Barassal, que não teve problemas de falta d’água na época de racionamento.  

 

 

 

Economia de energia

 

Outra coisa que não falta na Smart Eco House é energia! A energia consumida na casa vem de duas fontes principais. A turbina de energia eólica e os 18 painéis solares. A energia produzida nos painéis solares passa por um inversor e é ligada na rede. “É assim, esse sistema é um sistema on grid, então todo o excedente de energia é vendido para a rede. Ou você usa, ou você vende”, esclarece Barassal.

 

Essa economia de energia é muito interessante, especialmente no inverno, estação onde a conta de luz costuma aumentar!

 

 

A energia produzida pelas outras 9 placas é vendida para a rede elétrica.

 

“Esse outro inversor recebe a energia da turbina eólica e armazena em baterias e é off grid, ou seja, não está ligado na rede. Então, quando a gente precisa porque acaba a energia, ele entra suprindo a energia da casa como se fosse um grande sistema nobreak.

 


 

Veja também como ter um consumo consciente! 

 

É um investimento que, além de ajudar o meio ambiente, acaba compensando com a economia que se tem nas contas! “Muita gente já está colocando, pensando e investindo. Eu acho que daqui há uns cinco anos, no máximo, vai ser uma coisa muito popular como comprar uma geladeira!”, finaliza João.  

Matéria indicada pelo Foco AmbientalSerá que esse lixo é seu?

Sugestões de pauta ou denúncias ambientais podem ser enviadas para: [email protected]

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

15°
min

21°
max

0mm / 0%