Situação no Cantareira é boa

09/07/2017 às 09:11
por Alexandre Nascimento

Oferecimento
Depois da crise hídrica o governo fez o seu papel e a pluviometria ajudou.

Nos anos de 2013 e 2014 choveu abaixo da média em São Paulo. Em 2014 tivemos o estouro da crise hídrica. Choveu bem menos do que o normal e a temperatura ficou bem mais alta do que a média e, com isso, o consumo aumentou ainda mais. Logo, entramos no volume morto e estava instaurado o caos na Grande São Paulo, com diminuição da vazão de saída e vários bairros sem água durante semanas seguidas. 

Ao longo de 2015, sob o efeito do maior El Niño do século, tivemos chuva perto do normal e no ano passado também choveu perto da normalidade. Ao longo da crise, o governo fez o seu papel. Houve uma redistribuição dos consumidores, que passaram a ser abastecidos por outros mananciais, além de algumas obras de interligação entre os reservatórios. Hoje, a situação está bem confortável. Observe que nos últimos 20 meses choveu bem próximo da normalidade e isso manteve o nível alto do Cantareira (fonte: SABESP).

Segundo dados da SABESP, o nível do Cantareira em junho deste ano foi o maior dos últimos anos (quando comparado a junho também).

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

14°
min

18°
max

1mm / 20%