Umidade aumenta no Centro-Oeste

26/09/2017 às 10:55
por Angela Ruiz

Atualizado 26/09/2017 às 12:00

Oferecimento
Condições são favoráveis ao retorno da chuva

Depois de um Inverno quente e seco nesta temporada as condições de chuva estão aos poucos retornando a Região Centro-Oeste do país. É o que se espera com a chegada da Primavera, segundo os meteorologistas da Climatempo.

 

Climatologicamente chove muito pouco em Brasília nos meses de Junho, Julho e Agosto. Já são 126 dias sem chuva na capital federal. De acordo com dados do Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia, a última vez que houve registro de chuva na cidade foi entre os dias 21 e 22 de maio e acumulou nestes dias 22,2 milímetros. Em maio, choveu ao longo de todo o mês, um total de 64,3 milímetros

 

Em Goiânia, a situação também é crítica. A última chuva registrada na cidade ocorreu no dia 21 de maio quando foram acumulados 43,3 milímetros, ainda segundo o Inmet. Em Junho, Julho e Agosto mesmo sendo os meses mais secos do ano na capital goiana, não caiu uma gota de chuva. Do dia 01 até o dia 25 de setembro também não há registro de chuva na cidade, totalizando mais de 4 meses sem chuva.

 

Campo Grande também pode fechar o mês de setembro com pouca ou quase nenhuma chuva. A média de chuva para setembro é de 81 milímetros, mas do dia 01 de setembro até ontem (25), ainda não foi registrado precipitação. A última chuva forte na cidade aconteceu no dia 17/08 e acumulou 31,2 milímetros. O total acumulado de Agosto é de 39,2 milímetros.

 

Em Cuiabá choveu 30 milímetros entre 9h do dia 25/09 e 9h de 26/09, horário de Brasília. Isto representa cerca de 50% da média de chuva do mês de setembro que é de aproximadamente 60 milímetros. Os dado são do Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia.    

 

Será que vem chuva por aí? 

A mudança na circulação dos ventos em médios e altos níveis da atmosfera está favorecendo o aumento da umidade pelo Centro-Oeste do país nesta primeira semana da primavera. As imagens de satélite desta terça-feira (26) já mostram um corredor de umidade sobre a faixa centro-norte do Brasil, na qual vem provocando pancadas de chuva isoladas de curta duração em vários pontos de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

 

satelite-br20

 

Tendência: aumento das condições de chuva

Para os próximos dias, as condições são favoráveis ao aumento da chuva no Centro-Oeste. Áreas de instabilidade vão se formar e provocar mais pancadas de chuva em Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul por vezes essa chuva pode cair com moderada a forte intensidade. Não dá para descartar temporais à partir desta quinta-feira (28) em Campo Grande.

 

Acompanhe a previsão para o Centro-Oeste

Veja também: Como fica a Primavera na Região Centro-Oeste? Clique aqui

 

Foto: Alex André Carvalho - Itaquiraí - MS

 

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

21°
min

34°
max

0mm / 0%

Campo Grande - MS

14°
min

26°
max

0mm / 0%