Risco de chuva forte aumenta nesta sexta-feira em SP

03/01/2019 às 22:53
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Passagem de frente fria aumenta a chuva e calor começa a diminuir. Tarde de 3 de janeiro com a mais quente do ano na capital.

Nesta sexta-feira, o calor começa a diminuir, mas as condições para chuva aumentam no estado de São Paulo por causa da passagem de uma frente fria pelo litoral paulista. O impacto do ar muito quente que está sobre o estado com o ar frio que vem com a frente fria vai estimular a formação de mais nuvens carregadas sobre o estado de São Paulo.

 

O alerta é para temporais durante a sexta-feira, 4, e também no sábado, 5 de janeiro, para todas as regiões do estado. Porém, para o centro, sul e leste do estado, incluindo a Grande São Paulo, região de Sorocaba, de Campinas, o Vale do Paraíba, Vale do Ribeira e o litoral, o risco de tempestades é maior do que nas outras regiões paulistas.

 

Calor e temporais

Fortes áreas de instabilidade se desenvolveram na quinta-feira, 3 de janeiro, sobre diversas áreas do estado de São Paulo por causa do calor excessivo e do ar úmido que predomina no estado. Pancadas de chuva muito fortes voltaram a ocorrer na Grande São Paulo e também na região entre Jundiaí, Campinas e Capivari. Choveu muito também em áreas do centro-oeste do estado.

Até 22 horas, o CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura havia registrado 4 pontos de alagamento, sendo 1 intransitável na região da Barra Funda. Na capital, a tarde de 3 de janeiro foi a mais quente do ano até agora com temperatura máxima de 33,3°C.

 

Na capital, o aeroporto de Congonhas registrou uma rajada de vento com 54 km/h por volta das 20 horas. O aeroporto de Guarulhos teve rajada de 52 km/h neste horário.

 

Volumes de chuva

Na cidade de São Paulo, o INMET registrou 30 mm em 2 horas (entre 19h e 21h) no Mirante de Santana, na medição automática. Pelo CGE, maior acumulado foi de 26,2 mm no Tucuruvi, sendo que quase toda a chuva caiu entre 19 e 21 horas. Na região da Sé choveu 21,2 mm em 1 hora, entre 19 e 20 horas e o acumulado até 22 horas foi de 24,0 mm.

 

Acompanhe a chuva na Grande SP pelos radares Climatempo-USP.

 

Volumes de chuva extremamente elevados voltaram a ser observados em áreas da Grande São Paulo e na região entre Jundiaí, Capivari e Campinas. A chuva caiu com muita força em pouco tempo. Pelas medições do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - ema apenas 1 hora choveu 68 mm numa região de Louveira. Em Jundiaí/Roseira choveu até 50 mm em 20 minutos!

 

Confira o acumulado em 3 horas, entre 18h20 e 21h20 de 3/1/19 registrados pelo CEMANDEN




Município

Local

Chuva em 3h (mm)

Hortolândia

Jardim Santa Esmeralda

89.8

Suzano

TabaMarajoara

80.8

Louveira

Delegacia de Polícia

80.5

Jundiaí

Roseira

74.0

Campinas

Jd das Bandeiras

66.8

Monte Mor

Jardim Paviotti

59.8

Atibaia

Estrada dos Pintos

58.2

Suzano

Jardim Amazonas

56.6

Valinhos

Vila São Sebastião

54.4

Sumaré

Vila Miranda

53.4

Atibaia

Jardim Maracanã

50.0

Ribeirão Pires

Ouro fino

49.9

Guararema

Nogueira

49.2

Campinas

Ribeirão das Cabras

45.6

Cabreúva

Centro

45.5

Ribeirão Pires

Quarta Divisão

41.7

Iracemápolis

Centro

40.8

Cabreúva

Bananal

40.4



Foto de Marco Vay, Santana de Parnaíba (SP)

 

 

 

Recorde de calor em São Paulo

Na cidade de São Paulo, a tarde de 3 de janeiro foi a mais quente do ano até agora. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 33,3°C às 16 horas, mas este valor poderá subir um pouco mais na nova leitura da temperatura máxima que será realizada às 22 horas.

 

Madrugada mais quente na capital desde 2015

A madrugada de 3 de janeiro de 2019 foi a mais quente na capital paulista este ano, com temperatura mínima de 24,0°C. Foi também a mais abafada desde 2 de janeiro de 2015 que teve temperatura mínima de 24,5°C. A maior temperatura mínima de 2018 foi de 23,4°C, em 14 de novembro, de acordo com as medições do INMET no Mirante de Santana, na zona norte paulistana

 

40°C no litoral e Sul de SP

Fez muito calor em todo o estado de São Paulo na tarde de 3 de janeiro. Mas o calor foi extremo no Vale do Ribeira, no Sul do estado, e no litoral, que alcançaram 40°C! Confira as maiores temperaturas registradas pelo Instituto Nacional de Meteorologia e pela Cetesb

 

Iguape: 40,1°C

Registro: 40,1°C

Santos: 40,5°C

São Sebastião: 38,4°C

Bertioga: 37,9°C

Tupã: 37,6°C

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

11°
min

24°
max

0mm / 0%