Semana de muito calor Sudeste

08/01/2019 às 06:52
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Tarde desta terça-feira, 8, pode ser a mais quente do ano em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo

Um sistema de alta pressão atmosférica se intensificou sobre a Região Sudeste do Brasil e deixou o ar mais seco, reduzindo muito a nebulosidade e as condições para chuva. A consequência natural foi o aumento do calor.



A semana começou com sol forte e muito calor no Sudeste do Brasil. Todos os estados registraram mais de 35°C neste segunda-feira, 7 de janeiro. Mas os termômetros explodiram novamente nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, em uma situação muito parecida com a que foi observada na semana passada, quando o calor de 40°C foi sentido em muitas áreas do litoral dos dois estados. A cidade do Rio chegou aos 41,2°C no dia 3 de janeiro.



Na lista das 10 maiores temperatura do Brasil do dia 7 de janeiro, até 21 horas, quase todas eram em cidades de São Paulo ou do Rio de Janeiro.



Cidade

UF

T máxima (°C)

Rio de Janeiro

RJ

39,6

Niterói

RJ

39,5

Duque de Caxias/Xerém

RJ

38,5

Iguape

SP

38,1

Seropédica

RJ

38,1

Saquarema/Sampaio Correia

RJ

37,9

Registro

SP

37,8

Campo Bom

RS

36,8

Silva Jardim

RJ

36,7

Paraty

RJ

36,7


Possível recorde de calor em capitais

A tarde desta terça-feira, 8 de janeiro, pode ser a mais quente de 2019 até agora nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

 

Confira os recordes atuais de calor para 2019 (até 7/1/19)

 

São Paulo: 33,3° (3 de janeiro)

Rio de Janeiro: 41,2°C (3 de janeiro)

Belo Horizonte: 31,9°C (6 de janeiro)

Vitória: 35,1°C (3 de janeiro)

 

 

Mais calor

O calor aumenta nesta terça-feira, 8, em toda a Região Sudeste, e pode bater nos 40°C no litoral do Rio de Janeiro, inclusive na cidade do Rio . Além do sol forte, o vento quente vindo da região tropical predomina sobre a Região.

 

 

Foto de Ziel Silva, Rio de Janeiro (RJ)

 

 

Pancadas de chuva

Por causa do calor intenso, não dá para descartar as pancadas de chuva à tarde ou à noite na maioria das áreas do Sudeste, mas a chuva que ocorrer será em poucas áreas e de curta duração. Não tem chuva generalizada nos próximos dias.

 

Menos umidade, menos chuva

Depois de vários dias com muita chuva, a Região Sudeste ficou mais seca, com menos nebulosidade e menor possibilidade de chuva. Esta situação podia ser observada na tarde de ontem na imagem captada pelo satélite GOES 16. As nuvens aparecem como manchas coloridas. A Região Sudeste era a que tinha menor quantidade de nuvens no país.

 

 

 

 

Pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia, nesta segunda-feira, 7, o nível de umidade no ar chegou a apenas 30% na cidade de São Paulo, 24% na zona oeste do Rio de Janeiro (Vila Militar), 29% em Seropédica e 30% em Taubaté (SP). Espinosa (MG) e Itapira (SP) registraram até 32% de umidade no ar. Todos estes valores são muito baixos para um dia de janeiro.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

15°
min

22°
max

2mm / 40%

Niterói - RJ

20°
min

24°
max

10mm / 90%

FASES DA LUA

  • Minguante
    21/10
  • Nova
    28/10
  • Crescente
    05/10
  • Cheia
    13/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06