Calor no Espírito Santo

06/03/2019 às 12:02
por Angela Ruiz

Oferecimento
Umidade alta vai favorecer a formação de nuvens de chuva

Tem feito bastante calor no Espírito Santo e isso tem chamado a atenção da população. Facilmente, os termômetros tem ficado próximo ou acima de 30°C. O forte aquecimento e a umidade tem facilitado a formação de nuvens carregadas em algumas áreas do estado.

 

De acordo com dados do Inmet - instituto Nacional de Meteorologia, no período entre 9h do dia 05/03 até 9h do dia 06/03 forma acumulados 22,2 milímetros de chuva em São Mateus e 13 milímetros e Marilândia. Na tarde desta quarta-feira, há condições para mais pancadas de chuva de forma isolada de forte intensidade com raios por causa do calor e da alta umidade sobre Espírito Santo. 

 

Na quinta-feira, essas pancadas de chuva com raios ficam concentradas no oeste do estado, cidades que fazem divisa com Minas Gerais. No litoral, o sol aparece forte, faz bastante calor e chove de forma rápida e passageira.

 

Na sexta-feira, o calor e a umidade irão facilitar o crescimento de nuvens e a ocorrência de pancadas de chuva a qualquer hora do dia. A chuva é pontual e forte e pode vir acompanhada de raios. 

No sábado, ainda pode ocorrer algumas pancadas isoladas na Grande Vitória, mas a tendência é que no domingo faça bastante sol e calor. A expectativa de chuva é baixa na capital Vitória.

 

 

Foto de Joel Raggi, Vitória (ES)

 

Porque tem feito tanto calor no Espírito Santo?

 

Em fevereiro e neste começo de março, o Espírito Santo tem sentido mais a influência do sistema de alta pressão atmosférica do Atlântico Sul. Isto tem dificultado a formação de áreas de instabilidade sobre o estado e por isso tem chovido pouco. A circulação de ventos sobre o Brasil tem mantido as áreas de instabilidade mais fortes e frequentes entre São Paulo, Rio De Janeiro e Minas Gerais. O vento frio de origem polar também não tem conseguido chegar ao Espírito Santo por causa do bloqueio causado pelo sistema de alta pressão. Então, o calor em excesso é a combinação de muitas horas com sol forte, pouca chuva e falta de ar mais fresco de origem polar, explica a meteorologista Josélia Pegorim. 

 

Este quadro de excesso de calor pouca chuva deve predominar até o fim da primeira quinzena de março. Mas tem previsão de chuva frequentes já no começo da segunda quinzena, com a chegada de frente fria ao Espírito Santo. 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP


min

13°
max

0mm / 0%

Rio de Janeiro - RJ

11°
min

19°
max

5mm / 90%