Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Temperatura amena melhora conforto térmico do gado

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

As temperaturas mais amenas dos últimos dias melhoram a engorda do gado de corte no Rio Grande do Sul devido ao maior conforto térmico e pela diminuição de ectoparasitos, como moscas, que molestam os animais.

 

De acordo com o último informativo conjuntural realizado pela Gerência de Planejamento da Emater/RS-Ascar, a fase produtiva nesse momento tem como foco a gestação das matrizes e engorda dos terneiros e terneiras nascidos no ano passado. Já as vacas vazias estão sendo comercializadas, adequando assim a lotação por hectare, necessária para o inverno.

 

O rebanho bovino segue em boas condições corporais, com ganho de peso na maior parte das categorias; mas devido ao final do ciclo das pastagens estivais, o ganho de peso é menos expressivo.

 

Com a colheita da soja, estão sendo semeadas gramíneas para cobertura e adubação verde, especialmente espécies como aveias, que serão utilizadas pelos animais no sistema de integração lavoura-pecuária.

 

Em relação ao aspecto sanitário, segue o controle do carrapato bovino, cujo período de maior infestação está próximo. As vendas de animais permaneceram pontuais, e espera-se aumento no volume de negócios conforme avançar a colheita das lavouras de soja e arroz irrigado.

 

Os preços continuaram aquecidos na venda de terneiros e animais para engorda no sistema de integração lavoura/pecuária, e a expectativa é que atinjam valores ainda mais altos após a finalização das safras de grãos.

 

Bovinocultura de leite

 

O ciclo das pastagens anuais de verão está finalizando, e as de inverno ou recém-implantadas ou ainda não foram semeadas. As chuvas auxiliaram na manutenção das pastagens perenes de verão, ainda muito utilizadas em diversas regiões, mas mesmo assim é observada a queda de produção de leite.

 

Com a redução na oferta de pastagens, os produtores direcionaram as melhores opções de alimento para as matrizes em lactação. Assim, as fêmeas jovens e vacas vazias permaneceram em áreas de campo nativo ou nas pastagens de qualidade inferior.

 

Este período é destinado à implantação do planejamento forrageiro de inverno, ao preparo da sobressemeadura das áreas com espécies perenes e ao cultivo no período normal das forrageiras de inverno. As temperaturas mais amenas melhoram o conforto térmico dos animais durante o pastejo e auxiliam na redução da presença de ectoparasitos.

 

Os produtores aproveitam a época para vacinações preventivas e obrigatórias. As chuvas provocaram acúmulo de barro nas proximidades dos locais de ordenha, o que demandou aumento da atenção para evitar contaminação do leite.

 

Agroclima PRO

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

 

+ mais notícias