Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Clima favorece colheita do arroz no RS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

Foto: ISTOCK

 

As condições climáticas possibilitaram a colheita do arroz no Rio Grane do Sul e 80% das lavouras já forma implantadas nessa safra. O rendimento da cultura é excelente, favorecido pelo Clima e possibilidade de irrigação no período da estiagem.

 

Na Regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, os rendimentos oscilam entre 7 e 9 toneladas por hectare, garantindo rentabilidade satisfatória para a cultura. O rendimento de engenho e qualidade dos grãos encontram-se dentro de patamares adequados, com grãos pouco manchados e de 58 a 60% de grãos inteiros.

 

Na Campanha, as lavouras em fase final de enchimento dos grãos ou maturação têm perspectivas de boa produção, pelo clima adequado desde meados de fevereiro, que coincidiu com a fase reprodutiva dessas áreas. Não tiveram limitações no suprimento de água para irrigação devido aos altos volumes de chuvas registrados em janeiro e na primeira quinzena de fevereiro. Em geral, apresentam muito boa sanidade foliar, de colmos e panículas.

 

Feijão 1ª safra

 

Nos Campos de Cima da Serra, na Regional de Caxias do Sul, a colheita já ultrapassa 80% da área, e deve ser finalizada nesta semana. As condições climáticas na colheita foram muito favoráveis, resultando em excelente qualidade de grãos. O rendimento médio está se confirmando em 2.465 quilos por hectare.

 

Feijão 2ª safra

 

Na Regional de Ijuí, a cultura está na fase reprodutiva, com redução do potencial produtivo nas lavouras de sequeiro. Cultura irrigada com boa formação de vagens e baixa incidência de pragas e doenças. Em Frederico Westphalen, 10% das lavouras estão colhidas e a cultura segue com bom desenvolvimento. A expectativa é de rendimento de 1.800 quilos por hectare.

 

Na Regional de Pelotas, algumas áreas do feijão de 2ª safra permanecem por colher, mas são muito pequenas e direcionadas predominantemente para o consumo familiar. São lavouras semeadas em janeiro a fevereiro. Esta produção está concentrada na região produtora de tabaco de São Lourenço do Sul, Canguçu e Pelotas.

 

Culturas de Inverno 

 

Trigo

 

Na Regional de Ijuí, segue o planejamento da próxima safra da cultura. Durante a semana passada, foi intensa a semeadura da cultura do nabo forrageiro, com a retirada da soja e preparo da área para o plantio do trigo. No entanto, em áreas de soja com presença da doença Mofo Branco houve diminuição desta prática, pois o nabo forrageiro é uma cultura hospedeira da doença.

 

Na Regional de Santa Rosa, em função dos preços praticados e melhoria dos prognósticos climáticos para o cultivo do cereal, é boa a perspectiva para o cultivo da nova safra, inclusive com aumento de área em função da venda de sementes nas cooperativas e agropecuárias da região.

 

Os projetos de custeio das lavouras para a próxima safra estão sendo recebidos e liberados pelas instituições financeiras. O início do plantio deverá ocorrer a partir da segunda semana de maio. Alguns produtores que já tiveram suas operações liberadas estão priorizando as compras dos insumos, em especial a semente, com o objetivo de garantir as variedades mais produtivas.

 

Agroclima PRO

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

+ mais notícias