Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Produtor do Paraná inicia a semeadura da soja

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

Foto: Istock

 

Produtores associados da Cocamar, estão iniciando nesta segunda-feira (13/9) a semeadura da safra de soja 2021/22. É o caso de Luiz Alberto Palaro, da cidade paranaense de Floresta. Com o fim do vazio sanitário na região, a semeadura de soja já começou e deve ganhar volume nas próximas semanas.

 

produtor_soja_PR_1a.

Foto: Luiz Alberto Palaro - Floresta - PR - início da semeadura da soja 

 

Solos variados

 

Palaro mantém cultivos em três regiões do Paraná com diferentes tipos de solos. Desde o argiloso no município onde reside, passando pelo misto/arenoso em Tuneiras do Oeste, no noroeste do Paraná e o arenoso típico do oeste paulista, onde a cooperativa desenvolve há três anos, em parceria com usinas, um programa de plantio de soja voltado à renovação de áreas de canaviais.

 

Novas tecnologias

 

Tecnificado e receptivo a adoção de novas tecnologias, o produtor mantém um histórico de produtividade de soja sempre acima das médias regionais, na cidade de Floresta (PR). No município vizinho, os produtores costumam semear soja mais cedo para planejar na sequência, a safra de milho, cujo período ideal seria até o dia 10 de março. Já em Tuneiras do Oeste (PR) e no oeste de São Paulo a operação deve começar em outubro.

 

Sempre na vanguarda, ele foi o primeiro em Floresta, na safra passada (2020/21) a utilizar drone para a pulverização da lavoura.

 

Palaro_produtorrural_soja_PR.

Foto: Rogerio Recco -  Produtor rural verifica soja no campo - Floresta- PR (safra passada 2020/21)

 

Reconhecido pelo capricho, o cuidado com o solo e a assertividade na escolha das variedades, Palaro mostra não ter medo das oscilações climáticas, um problema recorrente na agricultura. 

 

“As chuvas do final de semana foram poucas, mas estamos confiantes que vai continuar chovendo nos próximos dias”, comenta o produtor.

 

Instabilidade aumenta há risco de tempestades

 

Uma nova frente fria associada a um ciclone extratropical avança neste início da semana e acende novamente o alerta para temporais no Sul do país. Nesta terça-feira (14) é a vez de Santa Catarina e do Paraná receberem chuva bem significativa, com ventos de 60 a 80km/h, raios, altos acumulados de chuva. Há condições favoráveis para a queda de granizo. Veja os detalhes aqui 

 

Chuva pode encharcar o solo 

 

Para os produtores de soja do Paraná que deram início a semeadura da soja a previsão é de tempo instável no Paraná. O céu enche de nuvens e a chuva acontece em vários momentos do dia, nesta terça-feira. As áreas do sul e oeste (Foz do Iguaçu) ficam em alerta para tempo severo com grandes volumes de chuva, ventania e raios. Nas demais áreas do estado,  ocorrem pancadas de chuva de moderada a forte intensidade com raios e ventos. As temperaturas diminuem no estado.

 

Na quarta-feira, o tempo segue carregado nas áreas agrícolas do Paraná. Será um dia de tempo fechado, com chuva frequente e volumosa. As temperaturas vão seguir baixas.

 

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

O Agroclima Pro é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

 

Faça parte da maior comunidade AGRO!
O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

 

+ mais notícias