Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Fevereiro encerrou um inverno quente e seco para os EUA

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

6 min de leitura

 

 

O final do mês de fevereiro marcou o fim do inverno meteorológico, que foi classificado como o 12º inverno mais seco do país nos Estados Unidos em 128 anos. Veja os destaques do último relatório climático mensal da NOAA.

 

Clima de fevereiro de 2022 em números

 

A temperatura média nos Estados Unidos no mês passado foi de 1,0°C (33,8° F), -17,7°C (0,1°F) abaixo da média do século 20, classificando-se no terço médio do registro climático. Temperaturas abaixo da média foram sentidas em partes das planícies do norte, Grandes Lagos e das Montanhas Rochosas centrais até a Costa do Golfo. As temperaturas estavam acima da média em partes da costa oeste, bem como do sudeste dos EUA até a Nova Inglaterra.

 

A precipitação média de fevereiro foi de 43,9 mm (1,73 polegadas), cerca de 10 mm (0,4 polegadas) abaixo da média e ficou no terço mais seco do registro climático histórico. A precipitação acima da média caiu de Mid-Mississippi Valley para a Nova Inglaterra, com Ohio tendo seu sexto fevereiro mais úmido já registrado. A precipitação estava abaixo da média na maior parte do oeste e partes das planícies, sudeste e centro-atlântico. Califórnia e Nebraska tiveram seu segundo fevereiro mais seco já registrado, enquanto Nevada teve o terceiro mais seco.

 

GettyImages-1063168522

Foto: Getty images

 

Inverno meteorológico (dezembro a fevereiro)

 

O inverno meteorológico foi bastante ameno e seco nos EUA contíguos. A temperatura média foi de 1,5 °C (34,8°F) , 2,5 graus acima da média, classificando-se no terço mais quente do registro de inverno. A Geórgia e a Carolina do Sul tiveram seus sétimos invernos mais quentes já registrados, e nenhum estado ficou abaixo da média em termos de calor para a temporada de inverno.

 

A precipitação total de inverno foi de 146,3 mm (5,76 polegadas), cerca de 26 mm (1,03 polegadas) abaixo da média, sendo classificado como o 12º inverno mais seco já registrado. Louisiana teve seu terceiro inverno mais seco já registrado, Nebraska teve o quarto mais seco e Kansas teve o quinto mais seco. Enquanto isso, Minnesota teve seu décimo inverno mais chuvoso. 

 

Outros eventos climáticos notáveis

 

A seca apertou seu controle: no final de fevereiro, 59,2% dos EUA contíguos estavam em seca, um aumento de quase 4% em relação ao início de fevereiro. As condições de seca se expandiram ou se intensificaram em partes das planícies do norte e do centro, bem como em partes do oeste, centro-oeste, Grandes Lagos e da Flórida até a costa da Carolina. A gravidade da seca diminuiu em partes das planícies do sul e em Porto Rico.

 

Uma tempestade de inverno atingiu muitos: uma enorme tempestade de inverno se estendeu do Texas ao Maine durante a primeira semana de fevereiro e trouxe neve pesada, chuva congelante, gelo e temperaturas extremamente frias para grande parte dos dois terços orientais dos EUA contíguos. Neve caiu em partes do Nordeste. Linhas de energia e árvores caídas causaram quedas de energia em muitos estados, e milhares de voos foram cancelados em meio a condições de viagem traiçoeiras.

 

Um recorde de fevereiro e inverno úmidos para o Alasca: o Alasca teve seu fevereiro mais úmido em seu período de registro de 98 anos. Olhando para algumas cidades do estado, Juneau teve seu fevereiro mais chuvoso, após um janeiro úmido recorde. King Salmon também teve seu fevereiro mais úmido já registrado, enquanto Anchorage ficou em segundo lugar mais úmido. Fevereiro contribuiu para que o Alasca também visse seu inverno mais úmido já registrado, eclipsando o inverno mais úmido anterior de 1928-29. 

 

Os destaques completos do relatório climático em http://bit.ly/USClimate202202

 

Fase fria do Pacífico

 

De acordo com o agrometeorologista Celso Oliveira, a fase fria do Pacífico vai longe em 2022. Os Climatologistas irão ficar de olho nos EUA. Em 2012, mesmo com pequeno aquecimento do Pacífico, a safra quebrou. Com manutenção da fase fria e com 20% das áreas do meio oeste com seca moderada, será importante ficarmos de olho do próximo verão.

 

Leia mais aqui

 

Como monitorar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

AgroclimaPRO é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

+ mais notícias