El Niño está aí!

07/05/2015 às 23:02
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Ele tem o poder de alterar o clima em muitas regiões do planeta. Entenda o que tem que mudar no ar e no mar para que o El Niño ocorra.
Depois de previsões frustradas no ano passado, tudo indica que um novo evento do fenômeno  El Niño finalmente se estabeleceu. Os principais centros meteorológicos de análise e monitoramento do clima do planeta concordam que as condições para a ocorrência de um fenômeno El Niño estão satisfeitas. No final de abril, os meteorologistas australianos aumentaram a probabilidade da formação de um El Niño e o nível de monitoramento passou de “watch” para “alert”. A batida final do martelo confirmando definitivamente que o El Niño está ocorrendo será dada antes do fim do maio. O que é o El Niño? O El Niño é um fenômeno oceânico-atmosférico de escala global. Um aquecimento anormal de uma extensa porção da água do mar na região do oceano Pacífico equatorial, entre a Austrália, a Indonésia e a costa oeste da América do Sul causa mudanças no padrão dos ventos e da pressão atmosférica nestas áreas. O problema é que estas alterações desencadeiam  muitas outras mudanças no comportamento dos ventos, da pressão, da chuva e da temperatura em diversas outras regiões do planeta. O El Niño tem o poder de mudar as características climáticas de estações do ano em várias áreas do planeta.

  As condições O aumento da temperatura da água do mar numa parte do Pacífico é a característica mais conhecida e imediata do El Niño. Mas só isto não basta. Para dizermos que o fenômeno está ocorrendo, várias condições precisam ser observadas ao mesmo tempo e por um determinado período de tempo.  

A mudança dos ventos Alísios, a convecção sobre a Indonésia, a relação entre a pressão atmosférica no Tahiti, na Indonésia, e em Darwin, na Austrália, alterações na emissão da radiação de onda longa (OLR, outgoing longwave radiation, na sigla em inglês), mudanças no nível do mar são outras condições que devem ser observadas para se determinar um El Niño.   http://www.climatempoconsultoria.com.br/ A meteorologista Josélia Pegorim entrevista a meteorologista Patricia Madeira, uma das especialistas da Climatempo em análise e previsão climática. Patricia explica como estas alterações oceânicas-atmosféricas devem ocorrer para que um El Niño se forme. Confira e aumente seus conhecimentos sobre o El Niño.   Veja também Como o El Niño vai atuar nos próximos meses no Brasil? Como fica o frio de 2015 com um El Niño Um El Niño poderia aliviar a seca da Califórnia?  

FASES DA LUA

  • Nova
    18/12
  • Crescente
    26/12
  • Cheia
    03/12
  • Minguante
    10/12

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06