Frio e nevoeiro

09/05/2013 às 08:28
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Fenômeno reduz a visibilidade nos aeroportos e estradas e será frequente nos próximos dias.
O fr
io é um dos principais fatores que causam o nevoeiro, também chamado popularmente de neblina. Serras, vales e trechos de baixada nas estradas são os locais mais propícios para a formação do fenômeno. O ar polar que entrou forte sobre o centro-sul do Brasil esta semana causou uma acentuada queda da temperatura. Esta quinta-feira amanheceu com forte redução de visibilidade em áreas o Sul e do Sudeste, com densos nevoeiros. Às 7 horas, o aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, estava com 900 metros de visibilidade e temperatura de 10C. Em Pirassununga, no interior paulista, a Academia da Força Aérea registrava 5C e visibilidade reduzida a 50 metros. Em Canoas, na Grande Porto Alegre, a visibilidade na base aérea era de 800 metros e a temperatura era de 7C. Bancos de nevoeiro foram observados na região de Guaratinguetá, no vale do Paraíba, em São Paulo, onde a temperatura era de 8C. No aeroporto de Congonhas, na zona sul da cidade de São Paulo não houve tecnicamente nevoeiro, mas uma forte névoa. Às 7h, a visibilidade era de 2500 metros e a temperatura estava em 11C. O Campo de Marte, na zona norte, estava com 11C e visibilidade de 2000 metros. O nevoeiro se dissipa com o gradual aquecimento do ar e o dia segue ensolarado.  Mas as noites continuam frias nos próximos dias no centro-sul do Brasil e o nevoeiro deve se formar com frequência em muitas áreas.

FASES DA LUA

  • Nova
    19/10
  • Crescente
    27/10
  • Cheia
    05/10
  • Minguante
    12/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06