Furacões, deserto do Saara e chuva na Amazônia

01/08/2013 às 11:19
por Josélia Pegorim

Oferecimento
A areia do deserto do Saara interfere no nascimento de furacões e na chuva que cai na floresta amazônica.
n style="font-size: 13px;">No fim de julho, satélites da NOAA, dos Estados Unidos, captaram uma extensa nuvem de poeira movendo-se do interior da África para o Oceano Atlântico. A nuvem de poeira sai do deserto do Saara e é um fenômeno relativamente comum, mas recebe o nome de “camada de ar subsariana”. O transporte da areia para o Atlântico é feito por correntes de ar nos níveis mais altos da atmosfera. O vídeo que você vai ver foi feito por cientistas da NOAA. Eles usaram uma recente versão melhorada do modelo de dispersão de aerossóis NGAC NOAA para simular como a pluma de areia deveria viajar durante quatro dias, a partir de 30 de julho de 2013. Esta nuvem de poeira do Saarra desempenha um papel importante na redução "ciclogênese", ou na formação de furacões. Mas a areia do deserto do Saara também tem um papel importante na formação das nuvens de chuva sobre a floresta amazônica. Leia este interessante artigo publicado na Revista Fapesp: Poeira do deserto faz chover na floresta  http://agencia.fapesp.br/10587      

CIDADES RELACIONADAS

Areia - PB

18°
min

27°
max

5mm / 90%

FASES DA LUA

  • Cheia
    15/08
  • Minguante
    23/08
  • Nova
    01/08
  • Crescente
    07/08

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03