ALERTA

1 notificações

Sul dos 40°C: recorde de calor em Curitiba

12/01/2015 às 22:19
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Semana com risco de temporais no Sul. Segunda maior temperatura oficialmente registrada no Brasil ocorreu em Santa Catarina, em janeiro de 1963.
ong>Atualizado às 11h25 de 13/1/2015 40°C no Paraná O calor bateu recorde no Sul do Brasil nesta segunda-feira. Curitiba teve a tarde mais quente do ano até agora. De forma geral, 12 de janeiro foi o dia mais quente de 2015 também no interior e no litoral do Paraná. Em Curitiba, o recorde de calor foi observado pelo segundo dia consecutivo. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura máxima de 33,6°C em Curitiba superando os 31,7°C do domingo, 11 de janeiro. Foi a maior temperatura em Curitiba desde o dia 13 de outubro de 2014, quando fez 34,1°C. Em Morretes, no litoral, a temperatura chegou aos 39,1°C. O Simepar registrou 40,5°C em Antonina, também no litoral. A temperatura mais alta no interior do Paraná segundo do Instituto Nacional de Meteorologia foi de 37,1°C, em Icaraíma.     Possível recorde de calor em Florianópolis O calor também foi intenso nesta segunda-feira em Santa Catarina. Além de temperatura elevadas, em trono dos 37°C, a sensação térmica superou os 40°C. Na região dos aeroportos de Criciúma e de Joinville, a sensação térmica chegou aos 43°C por volta das 14horas, com temperatura real do ar em torno dos 37°C. A tarde de 12 de janeiro foi a mais quente de 2015 até agora em Florianópolis. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 38,0°C na estação meteorológica automática. O recorde anterior era de 37,0°C em 1 de janeiro. Os termômetros superaram os 38°C no sul de Santa Catarina . Das 5 maiores temperaturas registradas pelo Instituto Nacional de Meteorologia no Sul, 4 foram em cidades catarinenses. A sensação térmica no litoral norte e vale do Itajaí ficou em torno dos 47°C Uma curiosidade: a segunda maior temperatura oficialmente registrada no Brasil ocorreu em Orleans, em Santa Catarina: 44,6°C em 6 de janeiro de 1963 Confira as maiores temperaturas no Sul     Mais calor e temporais O calor não dará trégua ao Sul do Brasil nesta terça-feira. Antes das pancadas de chuva a partir da tarde, os três estados terão várias horas com sol forte para aquecer o ar. Fortes pancadas de chuva com raios e rajadas de ventos que podem superar os 70 km/h devem ocorrer no Sul não apenas nesta terça-feira, mas também no decorrer da semana. O excesso de calor armazenado na atmosfera e a passagem de frentes frias pelo litoral da Região formam as nuvens carregadas. Até o fim da semana, o ar polar vai conseguir aliviar o calor apenas na quarta-feira e mesmo assim só em algumas áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. A semana vai terminar fervendo no Sul e com chance de novos recordes de calor. A temperatura só deve votar ao normal na semana que vem. Há risco de temporais nos próximos dias nos três estados. O mapa mostra o volume de chuva estimado para o Sul nos próximos cinco dias. Na escala de cores, o verde brilhante representa 100 mm ou mais acumulados no período  

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

19°
min

27°
max

5mm / 90%

Curitiba - PR

17°
min

23°
max

15mm / 90%