Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recorde de calor e de secura no ar em Goiânia

18/09/2015 às 21:47
por Josélia Pegorim

Atualizado 19/09/2015 às 09:58

Goiânia, capital de Goiás, registrou um novo recorde de calor e de umidade baixa para o ano de 2015. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima chegou aos 38,1°C na sexta-feira, 18 de setembro. O recorde anterior era de 37,6°C nos dias 16 de setembro e 19 de janeiro.

A temperatura subiu e o ar ficou extremamente seco em Goiânia na tarde desta sexta-feira. Às 16 horas, o aeroporto local registrou apenas 8% de umidade no ar. Pela escala elaborada pelo Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Universidade de Campinas (SP), um nível de umidade igual ou abaixo de 11% representa uma situação de emergência para o ar muito seco.

Pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o nível de umidade no ar ideal para a saúde e para o conforto humano deve ficar em torno dos 60%. A população de Goiânia, e de praticamente toda a Região Centro-Oeste do Brasil, passou quase o dia todo numa situação de umidade do ar muito abaixo deste valor.

Em Cuiabá, capital de Mato Grosso, a secura do ar e o calor extremo também merecem destaque. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 40,9°C e na região do aeroporto local, o nível de umidade no ar baixou para 9% na tarde de 18 de setembro, uma das tardes mais secas deste ano.

 

Calor de 40°C

Temperaturas muito próximas ou acima dos 40°C deve voltar a se repetir no fim de sema a em Mato Grosso, Goiás e em Mato Grosso do Sul. O Distrito Federal também terá um fim de semana muito quente, embora a temperatura não alcance marcas desta ordem.

 

 

Praticamente todo o Centro-Oeste permanece sem chuva e com sol forte no fim de semana. Poucas pancadas de chuva poderão ocorrer no noroeste de Mato Grosso.

 

Confira a previsão de chuva para os próximos 10 dias