Notícias

Destaques Climatempo » Chuvas Intensas e deslizamentos: Salvador em estado de alerta

As fortes chuvas que atingiram Salvador ao longo do final de semana voltam a preocupar moradores e autoridades locais. Registros de quedas de árvores e deslizamentos de terra foram feitos tanto no domingo (7) quanto na madrugada desta segunda-feira (8), após um intenso temporal assolar a região. Entre 0h e 7h desta segunda, Salvador contabilizou pelo menos nove deslizamentos de terra, sendo cinco deles na região central da cidade. Um desses deslizamentos atingiu parte do prédio da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador), localizada no Vale dos Barris. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) foi acionada, realizou vistorias e isolou a área afetada.

Figura 1 - Deslizamento na bahia Fonte: Reprodução/TV Bahia

Figura 1 - Deslizamento na bahia Fonte: Reprodução/TV Bahia

Origem do fenômeno: Outono tropical

 

Esse fenômeno está diretamente relacionado ao período de transição entre o verão e o outono/inverno no Brasil, conhecido como "outono tropical". Durante essa época, ocorrem mudanças nos padrões de vento e na circulação atmosférica, favorecendo a formação de áreas de instabilidade e o aumento da frequência e intensidade das chuvas. A Bahia, em particular, possui características geográficas que contribuem para esse cenário, como a presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), uma banda de nuvens associada à convergência dos ventos alísios dos hemisférios norte e sul. Essa zona de convergência é uma importante fonte de umidade e instabilidade atmosférica, o que favorece a ocorrência de chuvas intensas. Além disso, as águas do Oceano Atlântico ao largo da costa da região encontram-se com temperatura acima do normal, intensificando ainda mais as instabilidades.

 

Acumulado de chuvas e riscos

 

Nos primeiros sete dias de chuva, Salvador já registrou um acumulado de 290mm, quase equivalente à média esperada para todo o mês de abril, que é de 291mm. O Centro de Monitoramento e Desastres Naturais definiu a região nesta manhã como de risco muito alto para movimentos de massa e risco hidrológico, como indicado na imagem.

Figura 2- Mapa de Risco de movimento de massa e Risco hidrometeorológico Fonte: CEMADEN

Figura 2- Mapa de Risco de movimento de massa e Risco hidrometeorológico Fonte: CEMADEN

Previsão detalhada para a semana: Agravamento das condições

 

Infelizmente, as previsões para a semana apontam para um cenário desafiador em relação às condições climáticas no estado da Bahia. A tendência é de que as chuvas continuem intensificadas, aumentando os riscos de alagamentos, deslizamentos e outros transtornos relacionados.

 

Segunda-feira (08)

 

A semana começa sob o impacto de fortes chuvas em todo o estado, inclusive na capital, Salvador. O alerta para temporais permanece ao longo do dia, com a possibilidade de ocorrência de chuvas intensas e rajadas de vento em diversas regiões.

 

Terça-feira (09)

 

Poucas mudanças são esperadas em relação às condições meteorológicas. A condição de chuvas e nebulosidade persiste em grande parte do estado, incluindo Salvador, onde as chuvas podem ser persistentes e volumosas.

 

Quarta-feira (10)

 

Apesar de uma leve melhora nas condições, o sol ainda não consegue prevalecer totalmente. A previsão indica a ocorrência de pancadas isoladas de chuva, especialmente na faixa central e na capital, podendo vir acompanhadas por trovoadas.

 

Quinta-feira (11)

 

O tempo continua instável, com períodos de sol durante o dia e pancadas de chuva previstas para a tarde e a noite. Entretanto, espera-se que o volume de chuva seja menor nas regiões norte e sul do estado, embora os riscos de precipitações intensas persistam.

 

Sexta-feira (12)

 

A instabilidade retorna de forma mais pronunciada, especialmente na faixa central e norte do estado, incluindo Salvador. São esperadas muitas nuvens, chuvas persistentes e poucas aberturas de sol, o que pode agravar ainda mais a situação já delicada na região.

 

Figura 1: Acumulado de chuva entre 08/04/2024 e 12/04/2024 Fonte : Climatempo

Figura 3: Acumulado de chuva entre 08/04/2024 e 12/04/2024 Fonte : Climatempo

É importante ressaltar que os acumulados de chuva na capital podem ultrapassar os 60mm ao longo da semana, o que aumenta consideravelmente os riscos de alagamentos e deslizamentos de terra, exigindo atenção e precaução por parte da população e das autoridades competentes.

  


Tempo Real

Condições da Chuva
Baia de Guanabara Normalidade
Baia de Sepetiba Normalidade
Barra/Jacarepagua Normalidade
Zona Sul Normalidade
Legenda: Baixa Média Alta
Probabilidade de Escorregamentos
Baia de Guanabara Baixa
Baia de Sepetiba Baixa
Barra/Jacarepagua Baixa
Zona Sul Baixa
Legenda: Baixa Média Alta Muito Alta

Copyright Climatempo 2011. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução.
Este convênio tem por objeto a integração de esforços para o DESENVOLVIMENTO TÉCNICO e DIVULGAÇÃO das informações do Sistema de Alerta de Chuvas Intensas e de Deslizamentos em Encostas da Cidade do Rio de Janeiro (Sistema AlertaRio) e imagens de instrumentos técnicos integrantes deste sistema, mediante repasse de informações técnicas e demais dados entre a PREFEITURA DO MUNICIPIO DO RIO DE JANEIRO, GEO-RIO e CLIMATEMPO.