Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva só se for de meteoros

12/08/2015 às 11:00
por César Soares

Atualizado 12/08/2015 às 16:31

Entre a noite da quarta-feira (12) e a madrugada de quinta-feira (13) ocorre a famosa Perseidas ou também conhecida como Perséiades. É uma chuva de meteoros associada a passagem do cometa Swift-Tuttle.

Durante a passagem do cometa um rastro de material e deixado que dá origem à chuva de meteoros, este rastro é conhecido como nuvem Perseida que é gerado na passagem de Swift-Tuttle próxima ao Sol. 

 

 

A melhor observação ocorre no Hemisfério Norte, onde devido o ângulo de observação são esperados uma taxa de até 200 meteoros por hora.

No Brasil sempre é difícil observar a Perseidas, mas as melhores áreas para observação ficam no Norte e Nodeste onde há a possibilidade de até 95 meteoros por hora.

 

 

Já sobre o Sul, Sudeste e Centro-Oeste devido o ângulo para observação a taxa de meteroros por hora pode chegar no máximo aos 30.

 

 

Para observação é necessário achar a constelação de Perseu, que estará ao norte próxima a constelação do Cocheiro. Como as áreas mais ao sul fazem com que a constelação de Perseu fique cada vez mais baixa, as áreas do Norte e Nordeste terão um melhor ângulo de observação. 

 

Tempo para observar as Perseidas

Chuva só se for de meteoros! Afinal uma grande massa de ar seco e quente predomina sobre o Brasil garantindo um céu praticamente sem nuvens. Mas ainda há um pouco de nebulosidade e chuva sobre o oeste e norte da Região Norte, no leste do Nordeste e sul do Rio Grande do Sul. A quantidade de nuvens pode prejudicar a observação em Santa Catarina e sul do Paraná.