Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Furacão Joaquin é categoria 4 e ameaça a costa leste dos EUA

01/10/2015 às 15:16
por Josélia Pegorim

Atualizado 01/10/2015 às 22:45

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, em inglês), na análise técnica de 21h00 UTC (18h em Brasília), aumentou o grau de perigo do furacão Joaquin e o classificou como um furacão de categoria 4 na escala Saffir-Simpson que vai de 1 a 5.

 

Furacão Joaquin às 18h00 UTC (15h00 em Brasília) de 01/10/15

 

 

Joaquin passou sobre as Bahamas e deixou várias ilhas inundadas. Além da ventania e da chuva forte, a passagem do furacão deixou o mar extremamente agitado.

Este ciclone tropical é um super furacão (um major hurricane, na denominação dos meteorologistas norte-americanos). Segundo informação do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, às 21h00 UTC (18h00, em Brasília) de 1 de outubro de 2015, Joaquin estava com ventos máximos sustentados de 215 km/h (era 205 km/h, às 12h00), com rajadas mais intensas. A pressão atmosférica mínima no centro do sistema foi estimada em 936 hPa. O furacão Joaquin está com lento deslocamento e sua velocidade era de 9 km/h.

 

 

 

 

A previsão do NHC é de que Joaquin comece a se movimentar com maior velocidade na noite de sábado, 3 de outubro. O NHC não descarta uma nova intensificação no decorrer desta sexta-feira.

 

Furacão Joaquim às 16h37 UTC (14h37 em Brasília) em 01/10/15

 

 

 

Situação na Flórida

A meteorologista Camila Ramos está na Florida e deu entrevista ao Climatemponews na tarde de 1 de outubro de 2015. Ela comenta qual o efeito esperado do furacão Joaquim sobre a Florida e outras áreas do centro-sul da costa leste dos Estados Unidos.

 

 

 

 

Rumo à Nova Iorque

A simulação de deslocamento do furacão Joaquin feita por supercomputadores indicava que Joaquin deve ganhar impulso no fim de semana e avançar ao largo da costa leste dos Estados Unidos. O furacão poderá passar muito próximo de Nova Iorque durante a segunda-feira, 5 de outubro.

Se o furacão Joaquim se deslocar realmente pela costa leste dos Estados Unidos, será o segundo furacão a passar pela região de Nova Iorque em três anos. Entre 24 e 29 de outubro de 2012, a costa leste norte-americana sentiu os efeitos devastadores do furacão Sandy que alcançou a categoria 3. Sandy afetou a Jamaica, Cuba, Bahamas, o Haiti, a república Dominicana e vários estados da costa leste dos Estados Unidos, entre eles Nova Iorque e Nova Jersey. Sandy se dissipou em 31 de outubro de 2012.

 

 

 

Se o furacão Joaquim se deslocar realmente pela costa leste dos Estados Unidos, será o segundo furacão a passar pela região de Nova Iorque em três anos. Entre 24 e 29 de outubro de 2012, a costa leste norte-americana sentiu os efeitos devastadores do furacão Sandy que alcançou a categoria 3. Sandy afetou a Jamaica, Cuba, Bahamas, o Haiti, a república Dominicana e vários estados da costa leste dos Estados Unidos, entre eles Nova Iorque e Nova Jersey. Sandy se dissipou em 31 de outubro de 2012.

 

 

Como o El Niño afeta a temporada dos furacões no Altântico?

 

banner-downburs-tornados