Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

El Niño pode agravar seca na Bacia do Rio Doce

09/10/2015 às 15:36
por Redação

O estado do Espírito Santo está em alerta por causa da seca que se agrava na Bacia do Rio Doce. A crise hídrica levou quatro cidades a decretarem situação de emergência, e nove a adotarem medidas de racionamento de água. O município em pior situação é Colatina, no noroeste do estado. Os rios que abastecem a zona rural da cidade estão praticamente secos e muitas comunidades estão sem água.


No início deste ano o Espírito Santo enfrentou uma situação muito crítica em decorrência da estiagem, com 46 municípios em emergência ou estado de calamidade pública. Mas em fevereiro, e entre maio e julho a chuva voltou a cair dentro ou acima da média histórica, o que ajudou a recuperar os reservatórios. Agora, oito meses depois, a seca volta a assolar a região. Desta vez, o governo do Estado tomou medidas para evitar o colapso hídrico, como multas para quem desperdiçar água e restrição do uso para indústrias e agricultura pelo menos até o dia 21 de outubro. O uso da água pelos dois setores está restrito entre às 22 horas e às 4 da madrugada.

Apesar das medidas, a seca vai deixar marcas em Colatina. As perdas na agricultura local serão grandes, podendo afetar até 60% da safra de café.

A Bacia do Rio Doce já enfrenta a falta de chuva há muitos meses. A última vez que a chuva foi significativa foi em dezembro de 2013. Há um ano a vazão despencou e agora registra valores críticos em torno de 20%. O El Niño continua influenciando o regime de chuva na região e o fenômeno pode agravar ainda mais a situação da seca. Confira a explicação e a perspectiva para os próximos três meses com o meteorologista Alexandre Nascimento:


Veja também:

Seca continua no ES e em MG