Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recordes e extremos 20/01/16

20/01/2016 às 23:57
por Josélia Pegorim

As áreas de instabilidade da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) ainda estão ativas em parte do Sudeste, do Norte, do Centro-Oeste e do Sudeste e provocaram chuva muito volumosa em vários estados.

A chuva e o excesso de nuvens baixaram a temperatura em muitos estados brasileiros. As capitais São Paulo e Rio de Janeiro passaram o dia 20 de janeiro de 2016 com temperatura de outono.

Mas o ar seco que predomina no Sul e em Mato Grosso do Sul deixou o dia ensolarado e garantiu a este estado a mais alta temperatura no Brasil.

 

Confira os recordes e extremos de 20/01/2016 com dados do Instituto Nacional de Meteorologia.

 

A cidade mineira de Guanhães registrou a maior chuva acumulada em 24 horas no Brasil este ano. 189,4 mm e superou a chuva de Tucuruí (PA) 184,4 mm da semana passada.

  

 

Goiânia, capital de Goiás, teve a chuva mais intensa desde abril de 2014. 99,1 mm 

 

 

 

A chuvarada de quase 100 mm que caiu sobre Brasília foi a mais volumosa desde 2006.

 

 

 

Em Natal, capital do Rio Grande do Norte, acumulou 50,2 mm entre 10 horas do dia 19 e 10 horas de 20 de janeiro de 2016. Foi a maior chuva em 24 horas este ano. (10h 19/1 10h 20/1)

 

Em Cuiabá, capital de Mato Grosso, choveu 38,9 mm entre 10 horas do dia 19 e 10 horas de 20 de janeiro de 2016. Foi a maior chuva em 24 horas este ano. (10h 19/1 10h 20/1)

 

A menor temperatura no Brasil ocorreu novamente em Bom Jardim da Serra, na região serrana de Santa Catarina: 9,4°C. A menor no país este ano até agora é 9,2°C em Nova Friburgo (RJ). em 5 de janeiro.

 

 

 

 

A maior temperatura no Brasil em 20 de janeiro ocorreu em Roraima, onde há pouca nebulosidade e o sol tem estado forte. 37,2C

 

 

 

São Luís, capital do Maranhão, teve a tarde mais fresca de 2016. 

A foto da Embratur mostra o casario antigo em São Luís.

 

 

 

Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, a tarde de 20 de janeiro foi mais quente de 2016 até agora.

 

 

  

 

Em Manaus, a madrugada de 20 de janeiro foi a mais fresca do ano por enquanto T min  23,8°C