Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Quanto choveu ontem em São Paulo?

27/01/2016 às 11:05
por Josélia Pegorim

Atualizado 28/01/2016 às 09:20

Áreas de instabilidade ainda estão ativas sobre o interior paulista e ainda podem trazer mais chuva para a região da capital paulista em parte da madrugada desta quinta-feira. Não há mais expectativa de temporal como durante a tarde, mas pode chover de forma moderada no decorrer da noite aumentando os transtornos causados pela chuva intensa da tarde desta quarta-feira.

 

 

 

Confira os números do temporal de 27/1/16

 

- Cerca de 4880 descargas elétricas foram detectadas entre 15h20 e 16h40

- o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura registrava 52 pontos de alagamento até 21h30, o maior do ano até agora

- Choveu acima de 20 mm entre o começo da tarde até por volta das 19h30 de forma generalizada na capital.

Confira os maiores acumulados

 

 

 

- os córregos Ipiranga e Lajeado, o ribeirão Piqueri e o rio Verde transbordaram

- na região do Mirante de Santana, na zona norte da capital choveu 34 mm entre o início da tarde e até por volta das 20 horas.

 

Confira algumas imagens o temporal

 

 

 

 

Imagens do Jardim Paulista por Ricardo

 

 

 

 

 

Chuva começou cedo

 Por volta das 15 horas, os radares meteorológicos em Bauru e em Presidente Prudente, operados pela Unesp, já registravam vários núcleos de chuva moderada a forte (manchas amarelas, alaranjadas e vermelhas) espalhadas por quase todas as regiões paulistas. Estas áreas de chuva já estava crescendo também sobre o norte da capital e da Grande São Paulo. O aeroporto internacional de Guarulhos estava debaixo de chuva forte e raios às 15 horas.

 

 

 No decorrer da tarde e a à noite há risco de chuva forte em toda a Grande São Paulo. Há potencial para alagamentos.

A mudança no tempo pode ser vista no céu. A composição abaixo mostra a visão do horizonte oeste de São Paulo na manhã do dia 26 e manhã do dia 27 de janeiro.

 

 

 

Além do ar abafado e úmido que predomina por todo o estado de São Paulo, uma frente fria avança pelo litoral paulista baixando a pressão do ar. A queda da pressão atmosférica vai facilitar o desenvolvimento de nuvens carregadas por todo o estado.

As imagens de satélite mostram a diferença de nebulosidade sobre São Paulo na manhã do dia 26 e na manhã de 27 de janeiro. O predomínio da cor preta no dia 26 indica pouca ou nenhuma nebulosidade. Já na imagem do dia 27, as manchas em tons de cinza representam as nuvens.

 

 

 

 

 

Calor e chuva

Tecnicamente a frente fria se afasta do litoral paulista já nesta quinta-feira. O ar polar desta frente fria é fraco e não consegue esfriar o ar sobre São Paulo. O calor e a sensação de abafamento vão continuar nos próximos dias, com pancadas de chuva em geral à tarde e à noite.

As condições para chuva diminuem no domingo com a intensificação de uma sistema de alta pressão atmosférica sobre a região Sudeste.