Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Temperatura cai mais no RJ

27/04/2016 às 14:50
por Josélia Pegorim

Atualizado 28/04/2016 às 01:12

Recorde de frio

O ar frio de uma grande e forte massa de ar polar avança sobre o Brasil e atua com mais força sobre o Rio de Janeiro nesta quinta-feira. A combinação da chuva, vento moderado e ar polar vão manter a temperatura baixa nos próximos dias. A previsão é de que até o domingo, o Rio tenha novos recordes de frio registrando a madrugada e a tarde mais fria do ano.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a tarde mais fria no Rio até agora foi a do dia 19 de janeiro, com temperatura máxima de apenas 23,8°C na Saúde, centro da cidade. A madrugada mais fria foi a do dia 18 de janeiro, quando a temperatura chegou aos 17,8° no Alto da Boa Vista.

Confira a temperatura no Rio de Janeiro

 

Vento e frio

A nebulosidade e os ventos frios desta frente fria já cobriam todo o centro-sul do estado do Rio de Janeiro no começo da tarde desta quarta-feira. A temperatura continua em declínio. As nuvens carregadas da frente fria e o ar polar avançam em direção ao norte fluminense, onde as condições para chuva aumentam nesta quinta-feira. pode chover com moderada a forte intensidade no norte do estado. Chuva e temperatura amena devem predominar sobre todo o estado do Rio de Janeiro até o sábado.

 

O mar fica cada vez mais agitado até a noite. Há risco de ressaca nesta quinta-feira.

 

 

Virada do tempo

Depois de uma manhã abafada, com muitas nuvens, o tempo começou a mudar radicalmente no Rio de Janeiro no começo da tarde desta quarta-feira. A ventania e a chuva são de uma grande e forte frente fria que avança sobre o Brasil e chegou ao Rio de Janeiro.

No Forte de Copacabana, uma rajada chegou às 72 km/h, às 15 horas pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, e outra chegou aos 76 km/h às 16h.  Às 14 horas, as rajadas de vento chegaram aos 66 km/h na Marambaia, na zona oeste carioca. Às 13 horas,  O aeroporto de Jacarepaguá registrou uma rajada de 46 km/h e na base área de Santa Cruz, às 12h15, uma rajada de 55 km/h. No aeroporto Tom Jobim, às 14 horas, o vento estavam em torno dos 40 km/h.

Com a chuva e o vento forte, a temperatura teve uma rápida queda em poucas horas. Na região do aeroporto Santos Dumont, o calor chegou aos 33°C ao meio-dia, mas às 14 horas a temperatura já havia baixado para 27°C. Na base aérea de Santa Cruz, a temperatura às 14 horas estava em 24°C, com sensação termina de 19°C.

 

 

O calorão de abril pode voltar?