Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tempo seco em Mato Grosso

02/07/2016 às 14:08
por Michele Fernandes

Atualizado 02/07/2016 às 14:14

Uma forte massa de ar quente e seco cobre todo o Centro-Oeste do país e vem inibindo a formação de nuvens de chuva nos últimos dias sobre a Região. Com o sol brilhando forte desde cedo, as temperaturas têm ficado elevadas durante as tardes, especialmente no norte de Mato Grosso. Enquanto a temperatura sobe rapidamente ao longo do dia, a umidade relativa do ar, por outro lado, entra em declínio e o índice tem ficado abaixo dos 30% em diversas áreas do Estado.

 

Às 13h34 deste sábado (12h34 horário local), os municípios de Guiratinga, Gaúcha do Norte e a Cuiabá já estavam com umidade relativa do ar em torno dos 23%. Em Nova Maringá, Nova Ubitaratã, São José do Rio Claro, Sorriso e Sinop, a umidade estava entre 24 e 26%. Ao longo desta tarde, a umidade cai mais e o índice pode ficar abaixo dos 20%, caracterizando já estado de alerta (de acordo com a escala psicrométrica desenvolvida pelo Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas aplicadas à Agricultura (Cepagri)).

 

As temperaturas elevadas e o tempo seco vêm favorecendo também no aumento do número de focos de queimadas sobre o Estado. Segundo informações do INMET, nas últimas 48 horas foram registrados 88 focos de queimadas em Mato Grosso; o município que apresenta o maior número de queimadas é Tangará da Serra, com 8 focos, seguido por Bom Jesus do Araguaia, com 6.

 

Desde o início do ano, já foram registrados cerca de 6777 focos de queimadas no Estado, superando em 30% já o número de queimadas registradas no ano de 2015.

 

Infelizmente, o tempo seco deve perdurar ainda na próxima semana. A rápida passagem de uma frente fria pelo Sudeste, consegue até provocar um aumento de umidade em Mato Grosso, mas não há expectativa de chuva significativa sobre o Estado.