Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

RS em alerta para temporais

14/10/2016 às 16:53
por Josélia Pegorim

Atualizado 15/10/2016 às 12:25

O período de 15 a 19 de outubro é de alerta para chuva forte e volumosa sobre o Rio Grande do Sul que poderá causar grandes transtornos para a população.

A presença de fortes áreas de baixa pressão atmosférica sobre o norte da Argentina e passagem de uma frente fria formam muitas áreas de instabilidade que vão se deslocar sobre o Rio Grande do Sul. A passagem das nuvens carregadas destas áreas de instabilidade vão provocar muita chuva.

Em Uruguaiana choveu 21 mm entre 6 e 11 horas deste sábado, segundo o INMET. As imagens de satélite da manhã do sábado, 15, mostravam as nuvens carregadas já cobrindo o Rio Grande do Sul e quase toda a Região Sul.

 

 

A população deve se preparar para um período de quatro dias com tempo muito instável, com chuva frequente que muitas vezes virá acompanhada de raios, de ventania e até queda de granizo.

Na animação, as manchas coloridas representam a chuva e as cores a intensidade. As chuvas mias fortes são representadas pelas cores (na ordem) amarelo, alaranjado, vermelho e rosa.

 

 

 

 

Bloqueio

Nos próximos cinco dias, a circulação dos ventos sobre a América do Sul, em diversos níveis de altitude, vai forçar a concentração de ar quente e úmido sobre o Rio Grande do Sul e a baixa pressão do ar vai facilitar o crescimento de nuvens muito carregadas.

Pode chover forte no centro-oeste e sul de Santa Catarina no fim da semana, mas a chuva diminui sobre o Paraná, depois dos temporais dos últimos três dias.

O grande volume de chuva que deve ser acumulado, especialmente sobre o centro-sul e oeste do Rio Grande do Sul poderá causar o transbordamento de rios e córregos. A chuva deve cair forte nos dias 15, 16, 17 e 18 e diminui bastante no dia 19.

 

Os mapas mostram a comparação entre a média de chuva normal para o mês de outubro e a previsão do acumulado de chuva para o período de 15 a 19 de outubro. Em muitas áreas do Rio Grande do Sul, pode chover em cinco dias pelo menos o equivalente ao volume médio para o mês.