Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

RS ainda terá muita chuva

16/10/2016 às 15:33
por Josélia Pegorim

As condições atmosféricas nas próximas 48 horas ainda vão fazer com que nuvens muito carregadas se espalhem de forma generalizada sobre o Rio Grande do Sul e provoquem temporais.

Os gaúchos ainda vão conviver com nuvens negras e ameaçadoras nos próximos três dias. As imagens a seguir foram captadas no domingo, 16 de outubro de 2016.

 

 

 

 

 

Ar abafado em Porto Alegre

A madrugada de 16 de outubro foi a mais abafada em Porto Alegre em quase seis meses. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma temperatura mínima de 19,9°C, a mais alta desde o dia 25 de abril quando a mínima foi de 25,2 °C.

Por causa da chuva, a temperatura não tem grande elevação no Rio Grande do Sul nos próximos dias, mas não há previsão de frio intenso. Em muitas horas nesta segunda-feira, a sensação será de ar abafado. Durante a terça-feira, o ar refresca com a entrada de ventos frios de uma massa de ar polar.

 

Céu de Porto Alegre em 16/10/16

 

 

Alerta para chuva forte e ventania

A população deve se manter vigilante e atenta às condições do tempo, ao nível dos rios e às previsões meteorológicas e também às orientações da Defesa Civil. Além da chuva intensa e volumosa que pode causar alagamentos, há risco de raios e de ventania que pode causar queda de árvores e outros objetos perigosos.

 

Ventania

As pesadas nuvens que se espalham sobre o Rio Grande do Sul podem provocar rajadas de vento que podem superar os 80 km/h. Em Quaraí, na fronteira com o Uruguai, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou neste domingo rajadas de 115 km/h `as 8 horas e 9 horas da manhã. Na noite do sábado, 15, uma rajada chegou aos 86 km/h em Vacaria, na serra gaúcha.

 

A previsão é que o acumulado de chuva entre os dias 17, 18 e 19 de outubro fique entre 100 a mais de 200 mm em muitas áreas do Rio Grande do Sul. Os volumes mais elevados devem ocorrer preferencialmente sobre o centro-sul e oeste gaúcho atingindo a bacia do rio Ibicuí, parte do rio Uruguai e rio Quaraí. Há risco de transbordamento e enchente no campo e nas cidades.

 

 

Santa Catarina e Paraná pode ter chuva forte

Há risco de chuva forte e ventania até a noite de quarta-feira, 19 de outubro, também sobre o centro-sul e oeste de Santa Catarina e no oeste e sul do Paraná. Mas as outras áreas destes estados não devem sofrer tanto com os temporais.

 

A chuva volumosa observada no sábado, 15 de outubro, no oeste do Rio Grande do Sul causou grandes alagamentos em Uruguaiana. A Defesa Civil do Rio Grande do Sul registrou 99 mm de chuva.

 

 

Confira outros volumes de chuva registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia entre 10 horas do dia 15 e 10 horas de 16 de outubro.