Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Águas de março

12/03/2013 às 22:46
por Josélia Pegorim

O m
s de março está dando a São Paulo a chuva que não caiu em janeiro que, na média, é o mês mais chuvoso do ano. Só que este ano, a chuva de janeiro foi quase um fiasco. O acumulado em 31 dias no Mirante de Santana, na zona norte da cidade, foi de pouco mais de 170 mm. Em 12 dias de março, já choveu 103 mm. Risco de chuva forte aumenta nesta quarta-feira com a chegada de outra frente fria. As frequentes pancadas de chuva dos últimos dias estão mantendo os níveis de umidade relativamente altos na Grande SP e na maioria das áreas do Estado de São Paulo.  Uma nova frente fria chega ao litoral paulista nesta quarta-feira e aumenta o risco de temporais. Após a passagem desta frente fria, a população da Grande São Paulo terá vários dias com predomínio de céu nublado e chuva. A temperatura terá uma queda brusca na quinta-feira. Março de 2006, o mais chuvoso da história Mas foi março de 2006 que roubou o troféu "dilúvio de ouro" de janeiro. Pelos registros do Instituto Nacional de Meteorologia, o acumulado de chuva de março de 2006 foi de 608,1 mm. Esta quantidade de chuva é tão fora do normal para os padrões climáticos de São Paulo, que muita gente pode achar que houve erro de digitação na informação do texto, ou erro de leitura. Quantidades de chuva assim costumam ocorrer no litoral do Pará ou do Maranhão, no auge da estação chuvoso de lá, que é justamente março. Em 2006, a cidade de Turiaçu, no litoral maranhense, acumulou 667,9 mm de chuva, o maior volume do Brasil naquele mês, dentro todos os registros do Inmet. São Paulo ficou pouco abaixo, com os seus 608,1 mm. Dos 31 dias de março de 2006, o Inmet registrou chuva no Mirante em 21 dias. Em 10 dias, a chuva acumulada foi maior ou igual a 30 mm. O mês fechou com 608,1 mm, que até hoje ainda é a maior quantidade de chuva registrada em um mês no Mirante de Santana, desde 1943. Há quase 7 anos, entre os dias 10 e 11 de março de 2006, choveu 95,4 mm sobre o pluviômetro do Mirante de Santana.