Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Alguns fatos de julho de 2009

31/07/2009 às 11:41
por Josélia Pegorim

A te
mperatura máxima ontem em Manaus chegou a 34,9ºC, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, o mesmo valor que foi registrado também na última quarta-feira, dia 29 de julho. Foi o recorde de calor do ano, até agora. A grande e forte massa de ar seco que se expandiu sobre Brasil esta semana derrubou os índices de umidade na maioria das áreas do Sudeste, do Centro-Oeste, Norte e Nordeste do país. Na tarde de ontem, a umidade relativa do ar baixou para 13% em Montes Claros, no noroeste de Minas Gerais. No oeste da Bahia, a umidade do ar baixou para 15% em Bom Jesus da Lapa. Brasília registrou 13%. Mas na quarta-feira, a umidade na capital federal baixou para 12%. Em Goiânia, a temperatura máxima ontem foi de 34,2ºC. A maior do ano, até agora, é de 34,6ºC, no dia 6 de março. A umidade do ar ontem chego a 17%, no aeroporto da cidade, o menor valor do ano neste local. A secura e o calor de Belo Horizonte também chamam a atenção neste julho de 2009. Na quarta-feira, 29 de julho, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 30,6ºC de temperatura na cidade. Foi o maior valor em julho desde 1961. A umidade relativa do ar baixou para 18% na estação medidora do Instituto Nacional de Meteorologia,  no centro da capital mineira, e para 14% no aeroporto da Pampulha. Foram os menores valores do ano, até o momento. Julho de 2009 também deu um recorde histórico para a cidade de São Paulo: o julho mais chuvoso desde 1943, quando começaram as medições no Mirante de Santana, na zona norte da cidade. Do dia primeiro até 9 horas da manhã desta sexta-feira foram acumulados 177,3 milímetros. Foi como se as águas de março caíssem sobre a cidade. A média de chuva para março é de aproximadamente 178 milímetros.