Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ar seco deixa Centro-Oeste em alerta

15/08/2011 às 17:35
por Aline Tochio

As t
rês capitais do Centro-Oeste e o Distrito Federal entraram em alerta na tarde de hoje por causa da baixa umidade do ar. Segundo dados do meio dia dos aeroportos das capitais, a umidade relativa baixou para 16% em Brasília, Goiânia e Campo Grande e para 18% em Cuiabá. Mas a umidade do ar continuou caindo ao longo da tarde e atingiu níveis muito baixos. De acordo com o INMET, em Campo Grande a menor umidade registrada hoje foi de 13%, e em Goiânia, 14%. Esses valores são considerados estado de alerta, segundo critérios da Organização Mundial de Saúde. De acordo com o órgão, valores entre 21 e 30% são considerados estado de atenção; entre 12 e 20%, estado de alerta; e abaixo de 11%, considera-se estado de emergência. Em Cuiabá a situação foi ainda pior. Segundo dados do aeroporto da capital, às 17 horas a umidade era de apenas 11%. Brasília teve a tarde mais seca do ano até agora, com apenas 10% de umidade do ar, também de acordo com o INMET. Estes valores de umidade são comparáveis àqueles encontrados em desertos. Essa situação vem se repetindo na Região desde o começo do mês, por causa da presença de uma forte massa de ar seco. No decorrer dessa semana o tempo vai continuar seco por lá, mas as notícias são boas para não agüenta mais essa secura: uma intensa frente fria vai conseguir quebrar esse bloqueio atmosférico da massa seca e começa a avançar para o sul de Mato Grosso do Sul ainda na quinta-feira. Até sábado, praticamente todo o Centro-Oeste terá aumento da umidade e da nebulosidade e queda de temperatura, com exceção da parte norte da Região. Mas chuva de verdade, por enquanto só em Mato Grosso do Sul.