Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Nível muito crítico no Cantareira

01/05/2014 às 09:20
por Aline Tochio

No dia 10 de maio de 2014,  pela informação da Sabesp, a quantidade de água armazenada no Sistema Cantareira era de 9,1 % de sua capacidade total, uma queda de 0,2% com relação ao dia anterior. A média climatológica de chuva para a região no mês de abril é de 83,2 milímetros, e desde o dia 01 de abril o acumulado era de apenas 0,6 milímetro. O nível atual de armazenamento é o mais baixo desde o início das operações do sistema, no começo dos anos 1970.  O Sistema Cantareira, o maior e principal reservatório para o abastecimento de água para Grande São Paulo está com pouca água. O calor muito acima do normal  e a chuva muito abaixo da média do verão de 2014 foram os principais culpados pela seca que se observa atualmente.
A situação é cada vez mais preocupante. Já estamos no período de estiagem e a falta de chuva vai continuar. Climatologicamente, não há expectativa de chuva regular e volumosa entre maio e setembro. Nesta época, são comuns dias com poucas nuvens e muito sol, o que aumenta a evaporação. A diminuição gradual da temperatura, com ocorrência de dias mais frios é outra alteração meteorológica preocupante e que vai agravar o problema da seca no Cantareira e outros reservatórios.  O frio faz com que as pessoas tomem banhos mais longos e gastem mais água. É muito importante que neste momento a população da Grande São Paulo e do Estado de São Paulo se conscientize de que não teremos chuva suficiente nos próximos meses para deixar os reservatórios para a abastecimento de água com níveis normais.
Nos próximos 5 dias não há previsão de chuva sobre o Sistema Cantareira. Uma frente fria deve passar por volta do dia 22 de maio sobre São Paulo, trazendo mais chuva para a região das represas.