Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cantareira: volume útil perto de zero

10/07/2014 às 13:18
por Aline Tochio

No dia 14 de maio de 2014, o armazenamento do Sistema Cantareira era de apenas 8,2%. No dia 15 de maio de 2014, o volume morto da represa começou a ser utilizado. Segundo informações da Sabesp, com a entrada de 182,5 bilhões de litros de água da reserva técnica (volume morto) do Sistema Cantareira, foram acrescidos 18,5% sobre o volume total do sistema (982,07 bilhões de litros). No entanto, com a falta de chuva e a redução natural da chuva nessa época, o volume de água armazenada continuou em queda. Em maio choveu 37 milímetros na região das represas que formam o sistema, pouco comparado com a média de 83 milímetros. Em junho choveu apenas 16 milímetros, ante os 56 milímetros que normalmente acontecem no mês. Por enquanto, julho está sendo o mais chuvoso desses últimos 3 meses, com acumulado de 22 milímetros e média de 50 milímetros.

Nesta quinta-feira, dia 10, a Sabesp registrou 18,7% de água armazenada. Em comparação com os 18,5% que foram acrescentados pelo volume morto, podemos dizer que o volume útil de água (antes do acréscimo do volume morto) está quase zerado.

A previsão para os próximos 15 dias continua sendo de pouca chuva para a região das represas.