Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Capital paulista: qualidade do ar piora a cada dia

24/08/2010 às 11:00
por Fabiana Weykamp

Os c
omentários nas ruas são de garganta irritada e ardência no nariz e nos olhos. Os mais sensíveis, principalmente as crianças e os idosos, lotam os hospitais com problemas respiratórios. Este é o cenário da cidade de São Paulo e de muitos outros grandes centros urbanos. Agosto é realmente um mês de pouca chuva na capital paulista. Segundo o INMET, a normal climatológica para este mês é de 37,3 milímetros. Porém, do dia 01 de agosto até esta terça-feira (24), o pluviômetro do Mirante de Santana não acumulou sequer 1,0 milímetro de chuva. Dias seguidos ensolarados e com ar parado permitem com que os poluentes produzidos por automóveis e fábricas se acumulem na atmosfera. A poluição é visível por todos na cidade de São Paulo, representada pela mancha escura que preenche o horizonte. As estações da CETESB, órgão público que faz o monitoramento da qualidade do ar, tem mostrado que o ar que respiramos está a cada dia mais poluído.  No domingo (22) a estação da Mooca registrou qualidade do ar e na segunda-feira (23), no relatório das 17 horas, foi a vez da estação de Santana registrar qualidade do ar. Nos próximos dias esta situação pode piorar. Pelo menos até o domingo, não há condições de chuva. As fotos abaixo foram tiradas nesta terça-feira. A primeira, cedida pela Apolo11.com, mostra o amanhecer na cidade. O tom avermelhado no horizonte, apesar de bonito, revela a presença de material particulado (poeira em suspensão) na baixa atmosfera. É comum ver esta tonalidade no céu neste horário do dia e também nos fins de tarde, devido ao efeito de refração dos raios solares por estas partículas. Porém, quanto mais poluentes estiverem presentes, mais forte estará este tom avermelhado, como o exemplo do amanhecer de hoje. A segunda foto foi tirada por Fábio Silva do Viaduto Antártica,  um pouco mais tarde, e já mostra o que podemos visualizar na maior parte do dia, o horizonte acinzentado. Foto cedida pela Apolo.com tirada às 06h15 da manhã desta terça-feira. Foto tirada por Fábio Silva do Viaduto Antártica, na manhã desta terça-feira.