Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva continua forte no Paraná

12/07/2015 às 11:31
por Josélia Pegorim

A chuva não dá trégua ao Sul do Brasil, mas especialmente sobre o Paraná. Novas áreas de instabilidade voltaram a se formar sobre a Região neste domingo. As imagens de satélite mostram que as nuvens mais carregadas (manchas em tons de azul claro) justamente sobre o Paraná.

 

 

Chuva supera a média

A situação é preocupante porque a chuva acumulada em 11 dias de julho já supera a média em muitas áreas do Paraná. Em Maringá, no norte do Estado, onde normalmente chove em torno de 100 mm em julho, já choveu 260 mm, pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia. A região de Marechal Cândido Rondon já acumulou quase 270 mm de chuva. Em Dois Vizinhos e em Joaquim Távora já choveu cerca de 220 mm e em Goioerê, em torno de 280 mm.

O grande volume de chuva deixa o solo encharcado causando prejuízos para a agricultura do estado e eleva o nível dos rios. Há o perigo de enchentes.

 

Mais chuva

Estas áreas de instabilidade vão continuar muito ativas nos próximos dias e ainda reforçadas por uma frente fria que vai avançar devagar pelo litoral da Região Sul entre segunda e quinta-feira desta semana. Há uma situação de bloqueio na atmosfera sobre o Brasil. A circulação dos ventos em diversos níveis da atmosfera e a pressão atmosférica vão manter o processo de formação das nuvens carregadas sobre o Sul do Brasil por vários dias. Por enquanto, a previsão de enfraquecimento da instabilidade é só para a partir de quinta-feira, 16 de julho.

O mapa mostra a estimativa da quantidade de chuva que poderá ser acumulada nos próximos cinco dias. O tom de verde escuro indica mais 200 mm.