Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

"Chuva de estrelas" estão vindo de Orion

20/10/2014 às 20:30
por Josélia Pegorim

Na n
oite da quarta-feira passada, 15 de outubro, a população de Recife e de outras cidades de Pernambuco, de Alagoas e da Paraíba se assustaram com o enorme clarão azulado que apareceu no céu. Mas não tinha raios, nem chuva, e os meteorologistas não podiam explicar. O que foi aquele clarão? Os astrônomos também ficam de olho no céu e foram eles que esclareceram: o clarão nos céus de Recife era um bólido! Objetos sólidos vindos do espaço que se incendeiam ao entrar em contato com a atmosfera da Terra. Mas porque este bólido apareceu agora? Por que já eram os primeiros sinais da chuva de meteoros chamada de Orionids, que estava vindo da constelação de Orion! Você que ver meteoros caindo do espaço, as populares "estrelas cadentes" ? Então, nas madrugadas entre os dias 20 e 23 de outubro,  se afaste de lugares muito iluminados, pegue uma cadeira, um cobertor, se estiver frio, prepare comes e bebes para passar a noite acordado literalmente apreciando uma "chuva de estrelas" . Quantas estrelas por hora? Segundo o professor e astrônomo Marcos Calil, que mantém o Momento Astronômico, o canal de Astronomia da Climatempo, a chuva de meteoros Orionids terá de 18 a 20 objetos por hora caindo do espaço, a uma velocidade de 66 km/h, que é alta. Mas a quantidade de objetos que cada um verá vai depender da poluição luminosa do local. Quanto mais perto da luz das cidades, menos chance de ver os meteoros.       Como achar Orionids A chuva de meteoros Orionids tem este nome porque acontece na constelação de Orion, que na mitologia grega é o "gigante caçador". Para achar a constelação de Orion é muito fácil. Olhe para céu, para o lado nordeste,  procure as populares "Três Marias" e você estará olhando para Orion. Melhora hora para ver Por volta das 2 horas da madrugada do dia 21, do dia 22 e do dia 23, a constelação de Orion já estará alta no céu. Você ter que jogar a cabeça quase toda para cima para ver ou deitar no chão. Você pode começar a apreciar Orion por volta a 1 hora da madrugada, mas o ponto alto da chuva de meteoros deve ocorrer por volta das 4 horas da madrugada.       Dá para ver em todo o Brasil? Uma chuva de meteoros pode ser observada de qualquer lugar do Brasil e o planeta, desde que as condições meteorológicas permitam. No caso do Brasil, os estados do Nordeste e do Sul terão maior chance de ver a chuva de meteoros Orionds entre os dias 21 e 23 de outubro porque a quantidade de nuvens e o risco de chuva nestas Regiões será baixo nos próximos dias. O professor e astrônomo Marcos Calil explica aqui a diferença entre um meteoro e um bólido e sobre o clarão de Recife. Oriondis é a primeira de três chuvas de meteoros que vão ocorrer durante a primavera.  Marcos Calil fala também da Leonids, na constelação de Leão, e da imperdível Geminids, na constelação de Gêmeos, que deve oferecer mais 120 estrelas cadentes por hora, ou 2 por minuto!