Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva diminui na costa leste do Nordeste

20/04/2011 às 10:55
por Josélia Pegorim

A ch
uva está dando uma trégua no Recife nesta manhã, depois de provocar muitos estragos na capital pernambucana nos últimos três dias. A madrugada já foi sem chuva e o sol aparecia forte de manhã. Entre a manhã do domingo e a manhã de ontem, Recife recebeu 187 milímetros de chuva,  mais da metade da chuva que normalmente cairia durante todo o mês de abril. De acordo com Instituto Nacional de Meteorologia, do dia primeiro de abril até 9 horas do dia 20 choveu 441 milímetros, 35% acima da média normal. No litoral da Paraíba, a quarta-feira também amanheceu sem chuva, embora com muitas nuvens. Por volta das 9 horas, o sol aparecia entre muitas nuvens em João Pessoa e a temperatura estava em torno dos 29ºC.  Neste mês de abril, João Pessoa já acumulou 343 milímetros de chuva, até 9 horas do dia 20, 10% acima da média para abril. Em  Natal, capital do Rio Grande do Norte, também não estava chovendo no começo da manhã de hoje. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou quase 274 milímetros de chuva em Natal, do dia 1 de abril até 9 horas do dia 10, valor que já está 3% acima da média normal para este mês. Algumas áreas de Maceió tiveram chuva moderada a forte na madrugada de hoje, mas ao amanhecer já não chovia e o sol foi aparecendo forte pela manhã. Entre segunda e terça-feira, a capital alagoana teve a maior quantidade de chuva em 24 horas deste ano. Choveu 135 milímetros sobre a cidade, uma quantidade muito elevada. O total de chuva acumulado em abril, até 9 horas do dia 20, estava em torno dos 472 milímetros, 51% acima da média. Mas isto não quer dizer que o tempo vai ficar firme nos próximos dias, sem risco de chuva. A "onda de leste" que provocou a chuva volumosa entre domingo e ontem enfraqueceu, mas ainda está ocorrendo a formação de vários núcleos de nuvens carregadas sobre o mar, entre a costa de Alagoas e do Rio Grande do Norte. Estas nuvens devem continuar se formando na costa leste do Nordeste também durante o feriado da Páscoa, provocando várias pancadas de chuva, mas intercaladas com períodos de sol. A chuva não deve ser persistente como nos últimos três dias, porém, em algumas horas, pode chover com moderada a forte intensidade.  Toda a faixa litorânea entre o sul da Bahia e o Rio Grande do Norte deve permanecer em alerta durante a Páscoa para o risco de chuvas fortes e eventualmente com raios.