Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva e vento forte no centro-sul do Brasil

19/09/2009 às 11:07
por Josélia Pegorim

Uma
frente fria está avançando sobre os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, indo em direção ao sul de Goiás, Triângulo Mineiro e sul de Minas Gerais e para o Estado do Rio de  Janeiro.  As nuvens carregadas da área de instabilidade da frente fria começaram a se espalhar sobre São Paulo e Mato Grosso do Sul na tarde de ontem e até o meio da manhã deste sábado já haviam sido registrados eventos de chuva moderada a forte, descargas elétricas (raios) e ventos fortes em várias localidades destes Estados.    situação às 9h45 do dia 19 de setembro de 2009   Os dados abaixo são das estações meteorológicas automáticas operadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia e dos aeroportos, até as 10 horas deste sábado. São Paulo Presidente Prudente: vento de 57 km/h, às 2h da madrugada de sábado São Paulo: vento de 46 km/h às 8h e 9h horas de sábado Guarulhos (aeroporto): 55 km/h, às 9h de sábado Guarujá: 55 km/h às 8h e 9h de sábado Sorocaba: 60 km/h à 1 hora de sábado Votuporanga: 49 km/h à 1 hora de sábado São Miguel Arcanjo: 45 km/h às 6h e 7h de sábado Campinas (Viracopos): 52 km/h 22h de sexta-feira Mato Grosso do Sul Ivinhema: 83 km/h: 1 h de sábado Rio Brilhante: 74 km/h às 21h e 22h de sexta-feira Coxim: 16,6 mm de chuva acumulados apenas entre 9h e 10h de sábado   Em alguns casos, os ventos fortes foram provocados por nuvens Cb (cumulonimbus). Mas em outras situações, o aumento da velocidade do vento está associado ao forte contraste de temperatura que está ocorrendo entre o ar quente que predomina no Estado de São Paulo e de Mato Grosso do Sul e o ar frio polar que já é sentido por todo o Sul do Brasil e aos poucos avança sobre estes estados. Rajadas de vento mais intensas poderão ser observadas no decorrer deste sábado nos dois Estados, com ou sem a presença de nuvens de chuva. Há risco de chuva forte. Este contraste térmico é característico das frentes frias. Esta situação de choque de ar quente e frio e quente acentuado também ocorre neste sábado no sul de Mato Grosso, de Goiás, no Triângulo Mineiro, no centro-sul de Minas Gerais e no Rio de Janeiro, a medida que o ar polar tenta avançar do Sul do Brasil para o Sudeste e o Centro-Oeste. Assim, ventos fortes, raios e chuva forte também poderão ocorrer nestas outras áreas,  além de São Paulo e Mato Grosso do Sul. A frente fria avança sobre o Sudeste e o Centro-Oeste do Brasil neste fim de semana, mas o ciclone extratropical associado com a frente fria permanece no extremo sul do país e provoca ventos fortes no Rio Grande do Sul. Porém, o ciclone induz fortes rajadas de vento pela costa sul do Brasil que chegam também ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro neste fim de semana. A direção oscila entre noroeste e sudoeste. Até a noite do domingo, as rajadas podem se aproximar dos 80 km/h na costa entre Santa Catarina e o Rio de Janeiro. Rajadas próximas de 100 km/h ainda poderão ocorrer preferencialmente no litoral do Rio Grande do Sul.